sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

0

Nasa testa motor que vai a Marte





Esse motor será um dos quatros que equiparão o Sistema de Lançamento Espacial desenvolvido pela NASA para as missões futuras ao espaço.
Os engenheiros do Centro Espacial John C. Stennis da NASA (estado do Mississípi, EUA), realizaram um teste de fogo do seu novo motor de foguete RS-25 E2063, destinado ao Sistema de Lançamento Espacial (SLS, sigla em inglês) que atualmente se encontra na fase de desenvolvimento. O teste foi aberto para o público.
O motor em questão é um dos quatros que irão servir para propulsar o SLS. O veículo de lançamento será utilizado em  missões no espaço profundo, inclusivamente viagens à Lua e Marte.
O primeiro voo confirmado não tripulado está marcado para 2019, enquanto a primeira missão humana que irá utilizar o SLS será realizada em 2022.
Conforme os planos da NASA, a primeira missão tripulada para Marte pode ter lugar na década de 2030.



quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

0

NASA se prepara para lançar novo satélite caçador de alienígenas


Asteroides

A NASA planeja adicionar um satélite avançado para caça orbital de exoplanetas já em abril. O satélite será lançado do Cabo Canaveral no estado da Flórida, EUA, e promete grandes descobertas.

O projeto da agência espacial Transiting Exoplanet Survey Satellite (TESS) chegou ao Centro Espacial Kennedy na Flórida para preparativos finais antes do lançamento.
Segundo um porta-voz da NASA, assim que o TESS for posicionado na órbita terrestre, vai usar quatro câmaras de vasto campo para monitorar constantemente mais de 200.000 estrelas brilhantes, focando-se em escuridões causadas pelo movimento dos planetas, pois o método é útil na identificação de exoplanetas relativamente pequenos.
Em dois anos de monitoramento da visível vizinhança da galáxia, a NASA espera identificar milhares de exoplanetas. Assim que identificados, os exoplanetas serão escaneados para descobrimento de vida extraterrestre pelo telescópio James Webb Space (JWST, na sigla em inglês).
Este aparelho cósmico a bordo da nave espacial vai identificar os planetas do tamanho da Terra e gigantes gasosos em meio a uma grande variedade estrelar e distâncias orbitais. Na declaração da NASA é salientado que nenhuma pesquisa realizada da Terra seria capaz de fazer o mesmo.
"O TESS vai detectar os planetas de montanhas e gelo que circulam em meio a um enorme leque de tipos estelares e que cobrem vários períodos orbitais, incluindo mundos montanhosos nas zonas habitáveis de suas estrelas anfitriãs", diz-se na declaração.
Estão prontos para encontrar alguns planetas? O próximo detector de planetas TESS da NASA sob a liderança do projeto TESS chegou ao Centro Kennedy para lançamento através da SpaceX não antes de 16 de abril, espera-se aprovação de escala
Inicialmente, o lançamento do TESS estava marcado para 20 de março de 2018, mas foi adiado a pedido da companhia SpaceX, porque o satélite será lançado para a órbita em um dos foguetes reutilizáveis Falcon 9 da empresa aeroespacial.
Fonte da Matéria:
https://br.sputniknews.com/amp/ciencia_tecnologia/2018022010570346-nasa-tess-satelite-alienigenas-telescopio-foto-video/
0

Contato com alienígenas poderá causar caos na nossa civilização, alertam cientistas


contato com alienígenas poderá causar caos

Abrir uma mensagem alienígena para a Terra apresenta um risco cataclísmico para a humanidade, afirma um novo artigo científico.

Um novo estudo sobre a comunicação interestelar entre seres humanos e extraterrestres examina o último dilema: se devemos abrir, ler e interpretar mensagens de inteligência extraterrestre (IET).
Mas, infelizmente, o relatório conclui que, devido o fato dessas mensagens não poderem ser descontaminadas com segurança, a opção mais segura seria a de destruir essas mensagens não lidas.
As mensagens de extraterrestres apresentam várias ameaças possíveis.
Em um nível básico, uma mensagem como, “Vamos fazer o seu Sol amanhã virar uma supernova“, pode causar um grande pânico, independentemente da verdade, enquanto uma mensagem mais complicada pode chegar com vírus embutidos ou outros problemas técnicos.
Os autores Michael Hippke e John G. Learned escrevem no relatório “Interstellar IETcommunication: Message decontamination is impossible” (Comunicação interestelar: Descontaminação da mensagem é impossível):
Afinal, é mais barato que a ETI envie uma mensagem maliciosa para erradicar os seres humanos, em comparação com o envio de naves de guerra.
Um passo lógico seria usar máquinas isoladas e em quarentena para análise.
No entanto, o artigo argumenta porque tais medidas são insuficientes e não existe nenhum procedimento de segurança para conter todas as ameaças.
Isto continuaria a representar uma ameaça, mesmo que a mensagem seja tratada com o maior cuidado, inclusive se um computador for criado na Lua para executar o código, com dispositivos de segurança, incluindo bombas de fusão controladas remotamente, para terminar a experiência a qualquer momento.
Pesquisas atuais indicam que mesmo um sistema bem desenhado seria inútil, já que nunca podemos excluir erros e emoções humanas.
Uma mensagem da IET não pode ser descontaminada com segurança, afirma o relatório.
Para qualquer coisa mais complexa que o texto simples, os riscos técnicos são impossíveis de avaliar de antemão. No entanto, o documento observa os benefícios potenciais ‘consideráveis’ de se juntar a uma rede galáctica.
Ele conclui:
No geral, acreditamos que o risco é muito pequeno (mas não zero), e o benefício potencial é muito grande, de modo que recomendamos encorajar a leitura de uma mensagem recebida.
E em um guia sobre como devemos responder a uma mensagem alienígena, os autores escrevem:
Certamente não devemos transmitir nenhum código. Em vez disso, uma enciclopédia de texto simples, imagens, música, etc., em um formato simples são adequadas … Nenhum computador avançado deve ser necessário para descriptografar nossa mensagem.
Se a humanidade vai atender o conselho de Hippke e Learned ainda veremos, mas à medida que a corrida espacial acelera, esta é uma questão que em breve poderá exigir uma resposta.
Publicação tbm no site:
http://ovnihoje.com/2018/02/16/contato-com-alienigenas-podera-causar-caos/
0

Onda de avistamentos de OVNIs é reportada próxima de base aérea nos EUA


Onda de avistamentos de OVNIs

Vários avistamentos de OVNIs perto de uma base militar nos EUA deixou pesquisadores de OVNIs preocupados que os alienígenas podem estar monitorando os preparativos de guerra no nosso planeta.

Os caçadores de OVNIs acreditam que os extraterrestres estão observando os acontecimentos na Base da Força Aérea de Malmstrom, em Montana – EUA, depois de uma série de avistamentos por lá.
O avistamento mais recente de uma nave não identificada ocorreu no dia 24 de janeiro, quando um enorme objeto preto, que foi reportado ter 2.000 metros quadrados em tamanho, foi visto perto da base.
De acordo com o site UFO Hunters – que monitora e coleta registros de avistamentos – houve uma queda de energia na região por cerca de 10 minutos, ao mesmo tempo que ocorreu o avistamento.

O site também mostra que houve cerca de 20 avistamentos na última década.
Porém, os avistamentos naquela área já ocorrem há bem mais de 10 anos.
Um ex-funcionário da Base Aérea de Malmstrom disse que os OVNIs desligaram 10 mísseis da base em 1967.
O Capitão Robert Salas disse:
Eu estava no meu posto quando um objeto veio acima e pairou diretamente sobre o local.
‘Os mísseis desligaram – 10 mísseis Minuteman. E o mesmo aconteceu em outro local uma semana depois. Há um forte interesse por nossos mísseis por parte desses objetos, seja lá de onde eles vem. Pessoalmente, penso que não são do planeta Terra.
Caçadores de OVNI acreditam que os estrangeiros estão monitorando bases militares nos EUA.
Um mapa recente do National UFO Reporting Center (NUFORC), com sede nos EUA, foi publicado, mostrando avistamentos de OVNI em todos os Estados.
No entanto, sugeriu-se que as áreas mais densas para avistamentos coincidem com instalações militares dos EUA.
Alex Hollings, um marinheiro aposentado dos EUA, agora escreve para o site Sofrep.com, um serviço de notícias e inteligência fornecido por antigos veteranos de operações especiais.
Ele escreveu:
Ao colocar o mesmo mapa de avistamentos de OVNIs reportados em um mapa dos EUA que mostra os locais de todas as instalações militares, uma nova tendência começa a emergir.
Muitas das regiões que parecem mostrar uma alta frequência de relatos de OVNIs coincidem com as localizações de instalações militares.
Para pessoas com a mente voltada à conspiração, isso pode significar que nossos visitantes alienígenas têm um interesse particular no que nossos militares estão fazendo.
Outros podem estar inclinados a concluir que muitos desses supostos avistamentos de OVNIs podem ser nada mais do que aeronaves militares mal identificadas.
Publicado tbm pelo site:
http://ovnihoje.com/2018/02/14/onda-de-avistamentos-de-ovnis-base-aerea/


terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

0

OVNIS - Segundo Chico Xavier prevê contato com Extraterrestres em 2019


0

Ao longo de muitos anos, ouve muitas manifestações e evidencias referente, aos discos
voadores. Muitos avistamentos e evidencias de vidas fora do planeta Terra.

A anos a humanidade vem a procura de vida ou sinais de vida fora da Terra. Com o decorrer
desses anos o Planeta Terra vem sendo visitado constantemente por seres de outros Planetas,
com isso tudo indica que esse contato com extraterrestres esta bem próximo. Em um programa
 da extinta TV Tupi em 1971, o médium Chico Xavier, relata que a data limite está próxima, e será em 20 de julho de 2019, quando se completa os 50 anos da chegada do homem a Lua. 

A cada ano que se passa, a frequência de aparições e relatos de objetos 
voadores não identificados por nossos céus, a cada vez vem aumentando mais e mais.

Fonte:

BLOG DE UFOLOGIA







0

Trilhões de mundos habitáveis podem existir além da nossa galáxia


Trilhões de mundos habitáveis podem existir além da nossa galáxia

Um novo estudo, publicado em 2 de fevereiro no The Astrophysical Journal Letters, dá a primeira evidência de que mais de um trilhão de exoplanetas poderiam existir além da Via Láctea. Usando informações do Observatório Chandra  de raios-X da NASA e uma técnica de detecção de planeta chamada microlente, para estudar uma galáxia quasar distante, cientistas da Universidade de Oklahoma encontraram evidências de que existem aproximadamente 2.000 planetas extragalácticos para todas as estrelas além da Via Láctea. As galáxias de Quasar são objetos distantes, alimentados por buracos negros, um bilhão de vezes mais gigantes do que o nosso Sol.
“Podemos estimar que o número de planetas nesta galáxia distante é mais do que um trilhão”, diz Xinyu Dai, o professor de astronomia e astrofísica que liderou o estudo.
Alguns desses exoplanetas são pequenas exo-luas, enquanto outros são como grandes gigantes de gás como Júpiter. Ao contrário da Terra, a maioria dos exoplanetas são objetos deslocados, não estreitamente ligados às estrelas, vagando pelo espaço, ou vagamente orbitando entre as estrelas.
A metodologia de Microlente funciona como uma ampliação, diz o co-autor Eduardo Guerras. É um processo cheio de nuances que analisa as frequências emitidas por objetos celestiais que se movem, para observar como eles distorcem e ampliam a luz que vem dos objetos próximos deles. Esta luz então ilumina coisas que de outra forma não são visíveis…
..Já que esses objetos estão tão distantes – os corpos extragalácticos estão a cerca de 3,8 bilhões de anos-luz de distância – o método de microlente é a única maneira de se ter uma idéia de sua forma. Os pesquisadores sabem que estão olhando para planetas por causa da velocidade em que estão se movendo.
“Você pode ter esse efeito com estrelas, mas seria muito, muito menos provável. Seria muito menos frequente”, diz Guerras. “Se você tem apenas um planeta, as chances de observá-lo duas vezes são astronomicamente pequenas. Essas estrelas estão muito distantes. Não há como você observá-las por qualquer meio [tradicional]”, diz Guerras.
“Esperamos que outras equipes publiquem análises independentes para confirmar nossas descobertas”, diz Dai. “Acho que este é um caso em que as descobertas científicas podem ser desencadeadas pela centelha das ideias”.
Publicado tbm no site:
http://ovnihoje.com/2018/02/09/trilhoes-de-mundos-habitaveis-podem-existir/
0

Bilionários poderão encontrar vida fora da Terra antes da NASA: Milner, Musk, Bezos, Bigelow, Zuckerberg


Milner, Musk, Bezos, Bigelow, Zuckerberg

O bilionário russo Yuri Milner anunciou na conferência da Nova Era Espacial em Seattle seus planos de patrocinar um projeto para enviar naves espaciais à lua de Saturno, Encélado para procurar por vida alienígena. Milner parece mais um de uma tendência recente de bilionários que colocam suas vistas nas estrelas e usam seu dinheiro para ajudar o homem a explorar o cosmos.
Entre o custo do pagamento dos cientistas, a coleta de materiais e a construção de equipamentos de ponta, as viagens espaciais são caras. Mas e quanto àqueles para os quais o dinheiro não é um problema? À medida que a tecnologia continua a avançar e a idéia de viagens espaciais se torna mais realista, um número crescente de cidadãos mais ricos do mundo se envolvem na pressa internacional para explorar o nosso universo, e talvez até encontrar a vida alienígena ao longo do caminho.

Yuri Milner

Milner anunciou seus planos para financiar uma missão para Encelado, uma lua de Saturno, na conferência New Space Age em Seattle. O bilionário russo é citado em Forbes como o investidor tecnológico mais influente da Rússia. Milner foi um dos primeiros investidores no Facebook e Twitter, e mais recentemente investiu no Spotify e Airbnb.
Hoje, Milner está mais interessado na vida alienígena do que na tecnologia e, na conferência, explicou suas esperanças de enviar uma missão privada a Encelado ‘relativamente logo’ para investigar se os jatos recentemente observados são uma indicação de vida extraterrestre, informou o New Scientist.

Elon Musk


Talvez o nome mais conhecido na lista, Musk é o CEO da SpaceX, uma empresa que projeta, cria e até lança naves espaciais, satélites e foguetes no sistema solar. No entanto, Musk não está tão preocupado com a viagem intergaláctica quanto com a criação de uma colônia em nosso próximo vizinho do sistema solar.
Musk delineou seus objetivos intergalácticos em um artigo publicado em junho de 2017, e sugere que, se tudo for planejado, as naves poderiam começar a voar para Marte em apenas 10 anos.

Jeff Bezos

Bezos é o fundador da Amazon e tem uma fortuna estimada em US$ 99 bilhões. Ele também quer entrar na corrida espacial e anunciou no início deste ano seus planos para usar alguns de seus bilhões para financiar a pesquisa para levar o homem a Marte e além.
No momento, Bezos está começando pequeno e trabalhando para fazer viagens espaciais acessíveis e realistas. Isso envolve a criação de vôos comerciais para o espaço que são muito mais baratos do que o quarto de milhão de dólares oferecido pela Virgin Atlantic. No entanto, Bezos expressou que, eventualmente, ele gostaria de trabalhar rumo ao objetivo de ter milhões de pessoas vivendo e trabalhando no espaço, informou o New York Times.

Robert Bigelow

Este bilionário do setor imobiliário é muito aberto com sua crença na vida extraterrestre e se orgulha de ter gastado ‘milhões e milhões e milhões’, mais do que qualquer outra pessoa nos EUA, na busca de provar que os extraterrestres são reais. Bigelow é também o fundador e presidente da Bigelow Aerospace, uma empresa com sede em Las Vegas que trabalha para projetar e criar naves espaciais, tanto para o governo quanto para empresas privadas, nas quais os humanos poderiam viver .
Até agora, a empresa lançou com sucesso duas espaçonaves, a Genesis I e II. Ela também é responsável pelo módulo de atividade expansível Bigelow (BEAM), que agora está anexado ao módulo Tranquility da Estação Espacial Internacional.

Mark Zuckerberg

Nem mesmo o criador do Facebook pode resistir ao fascínio de saber o que está além das estrelas. Zuckerberg fez parceria com o Star Shot Project, um projeto destinado a enviar robôs no espaço, para exploração. O projeto foi saudado como o ‘projeto de busca alienígena mais ambicioso de todos os tempos’ e tem o apoio de Stephen Hawking.
Embora o projeto não enviaria seres humanos para o espaço, os robôs tirariam fotografias que seriam enviadas de volta à Terra, permitindo-nos ver o que (ou quem) está escondido nos lugares mais distantes do universo.
As empresas privadas também podem estar na liderança, mas a linha de chegada para esta Corrida Espacial não está muito clara. A primeira iteração foi indiscutivelmente ‘conquistada’ quando Neil Armstrong deu seus primeiros passos na Lua, então esta sequência terminaria quando estabelecermos a primeira base da Lua? Quando um humano andará em Marte? Quando deixamos o sistema solar?…
…As empresas privadas não estão sujeitas aos mesmos processos lentos que muitas vezes bloqueiam os projetos governamentais, e elas podem garantir ou redistribuir o financiamento muito mais rapidamente, se necessário. No entanto, ao contrário de agências como a NASA, elas têm acionistas para serem mantidos felizes e precisam constantemente buscar rentabilidade.
Os dois setores (governamental e privado), portanto, têm uma tremenda oportunidade de ajudar uns aos outros. As empresas privadas podem gerar receita através de contratos governamentais – por exemplo, a NASA contratou a Boeing para transportar astronautas para a Estação Espacial Internacional (ISS) e a SpaceX fechou um acordo com a Força Aérea dos EUA para lançar seu drone secreto. Isso deixa as agências governamentais livres para prosseguirem com o tipo de pesquisa prospectiva e de longo prazo que pode não gerar receita imediata, mas isso pode ser mais tarde simplificado e aprimorado no setor privado. Esses ambiciosos viajantes espaciais estão focados em criar habitats no espaço para que os astronautas ou outros habitem, e gastam milhões para provar que os extraterrestres são reais.
Publicado tbm pelo site:
http://ovnihoje.com/2018/02/11/estes-bilionarios-poderao-encontrar-vida-fora-da-terra/

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

0

Foguete mais potente do mundo é lançado com carro a bordo


Foguete foi lançado em Cabo Canaveral, na Flórida

Foguete jumbo, da SpaceX, transporta em lançamento de teste Tesla Roadster vermelho, que pertence a Elon Musk. Empresa pretende usar Falcon Heavy em futuras missões tripuladas à Lua e a Marte.A empresa SpaceX lançou com êxito nesta terça-feira (06/02) o foguete jumbo Falcon Heavy, considerado o mais potente do mundo, com um carro a bordo. O lançamento de teste ocorreu no Centro Espacial Kennedy da Nasa, localizado em Cabo Canaveral, na Flórida.

O teste foi um Sucesso.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

0

Especialista prevê onda de OVNIs na Argentina em 2018




 Alguns dias atrás, o apresentador Fernando Figoni publicou uma foto da tempestade da terça-feira passada em sua conta no Facebook, mostrando um objeto voador luminoso. A publicação teve grande impacto na mídia e o alegado avistamento de OVNI foi reproduzido por vários meios de comunicação locais e nacionais (da Argentina). O site do Info BLANCO SOBRE NEGRO entrevistou Luis Burgos, um dos principais expoentes da ovnilogia nacional argentina, que descartou a probabilidade de o caso ser uma fraude e que prevê que haver[a uma ‘onda’ de ovnis em todo o país ao longo de 2018.


Como sempre, notícias deste tipo criam uma mistura de curiosidade e desconfiança. Os mais abertos entre nós ouvem atentamente os casos e tendem a acreditar; já os mais céticos reagem com desprezo. O fato é que quase metade da população argentina afirma ter visto um OVNI em algum momento. Neste caso, foi o locutor Fernando Figoni que fotografou um objeto luminoso no céu enquanto tentava capturar a tempestade na esquina das ruas 1ª e 60ª.
Info BLANCO SOBRE NEGRO decidiu solicitar a opinião de Luis Burgos, um dos ovniólogos mais conhecidos, que também é morador de La Plata.



Especialista prevê onda de OVNIs na Argentina em 2018


Luis Burgos, fundador da Fundación Argentina de Ovnilogia.
Burgos explicou:
Figoni não viu isso. Ele notou isso em uma foto, mas muitas outras testemunhas viram algo. Há um relato de uma mulher em Romero que viu um objeto branco durante a primeira tempestade.
Existem muitos casos de OVNIs em tempestades.
Apesar de estar totalmente convencido sobre a existência de OVNIs, Burgos tem uma postura crítica quando se trata do uso comercial do assunto e afirma que muitos casos são ‘fraudes’ com o objetivo de captar a atenção do público, como os agroglifos que apareceram no início da último ano em um campo perto de Carmen de Areco, que foram criados com herbicidas, de acordo com o especialista.

No entanto, no que diz respeito ao avistamento recente em La Plata, ele acredita que a testemunha é ‘confiável’ e que pode ser um ‘engano’, em qualquer caso. Ele descartou a possibilidade de que o objeto poderia ser um avião ou um balão.

O principal expoente da ovnilogia nacional argentina nos assegurou que “avistamentos de OVNIs irão aumentar” como parte do que ele acredita ser uma “onda nacional”. Esta previsão baseia-se em uma hipótese que sugere “um aumento nos relatos de avistamentos” a cada 10 anos.
O fundador da Fundación Argentina de Ovnilogia (FAO) ainda afirmou:
Baseamos nossa hipótese decimal em um registro de 5500 casos na Argentina desde 1947. O ano com maior número de relatos foi em 1968, o segundo em 1978. Houve 29 relatos até agora este ano – estamos recebendo aproximadamente um caso por dia.
O primeiro caso OVNI no país também foi relatado em Lalicado tbm no site: Plata.
Burgos disse:
Um casal testemunhou uma esquadrilha de objetos luminosos, alinhados em uma fileira, mas não conseguiram fotografá-los devido à sua natureza fugaz.
(Fonte)
Pubricado tbm no site:

http://ovnihoje.com/2018/02/01/especialista-preve-onda-de-ovnis-na-argentina-em-2018/

sábado, 3 de fevereiro de 2018

0

Chegou a hora de revelar a verdade sobre os OVNIs / UFO





Durante 70 anos, mentiram ao povo americano sobre a presença extraterrestre em nossos céus e em nosso planeta.
Durante 70 anos, os fenômenos dos Objetos Voadores Não Identificados estiveram em nossos céus e ultrapassaram nossos aviões mais avançados desde a Segunda Guerra Mundial, e até mesmo no presente.

Nessas sete décadas, os 36 por cento dos contribuintes americanos que sentiram que havia uma presença extraterrestre de algum tipo foram ridiculizados, zombados e eram referidos como a turma do chapéu de folha de alumínio. Curiosamente, com base em dados de votação, 80% dos americanos acreditam que o governo dos Estados Unidos não está sendo sincero sobre o que sabe.
Em 18 de janeiro de 2017, mais de 13 milhões de páginas de documentos anteriormente secretos da Agência Central de Inteligência (CIA) foram liberados on-line através dos Arquivos Nacionais. Entre todo o material desclassificado que foi divulgado, havia documentos de CIA de 70 anos, os quais indicavam claramente que estavam investigando ativamente os fenômenos no Gabinete de Inteligência Científica (sigla OSI, em inglês) no final da década de 1940 e no início dos anos 50. Por fim, um pouco uma verdade!
Em 16 de dezembro de 2017, o New York Times publicou uma história inovadora sobre o Programa de Identificação de Ameaças Aeroespaciais Avançadas (sigla AATIP, em inglês) de cinco anos, do Pentágono, utilizando US $ 22 milhões. A mídia principal saltou sobre ele e foi o foco do ciclo de notícias por um curto período de tempo. Agora temos outro grande espetáculo da verdade.
A notícia incitou o pânico ao público na escala da famosa produção de rádio de 1938 de Orson Welles, a Guerra dos Mundos? Não!
Muitas pessoas que estavam em cima do muro sobre o assunto disseram ‘Wow!’ Claro, os céticos sérios apenas cheiraram a notícia, ou eles rugiram por semanas após, massacrando Harry Reid e o Pentágono por gastar miseráveis US $ 22 milhões em relação a cinco anos na pesquisa desses OVNIs tolos!
Vamos olhar a isto de uma forma diferente: é hora de trazer a verdade para fora!
Se o departamento de defesa está preocupado com a existência de um ‘interesse claro e presente em relação à potencial ameaça aeroespacial avançada’, que tal ser honesto com o povo americano e a humanidade como um todo? Diga-nos a verdade com evidências reais e peça-nos para apoiarmos o esforço para investigar e compreender este fenômeno.
A proposta do presidente Trump de um muro de US $ 30 bilhões seria igual a cerca de 5% do orçamento total do Pentágono. Isso é um monte de dinheiro para gastar em uma ameaça politicamente e emocionalmente percebida.
Vinte e dois milhões de dólares parece insignificante no esquema das coisas, quando você considera a grande importância da verdade sobre a presença extraterrestre no mundo.
Não precisamos do muro: precisamos da verdade sobre se estamos sozinhos no Universo. E não nos diga aquele mentira de que isto irá bagunçar com as religiões das pessoas. A maioria das pessoas de fé acredita que o universo do Grande Criador está cheio de maravilhas e grandes mistérios.
Precisamos que os principais meios de comunicação se levantem e façam seus deveres jornalísticos e pressionem seriamente todos os membros do Congresso para exigirem a verdade da CIA, do Pentágono e de qualquer outra agência que tenha estado sentada nesta verdade todos esses anos.
A Academia Nacional de Ciências precisa sair de suas bases acadêmicas e colocar uma verdadeira ciência por detrás do estudo de toda essa área de estudo, e não um acobertar como eles fizeram em 1968 com o fiasco do relatório Condon.
Precisamos que o presidente pare de enviar mensagens no Twitter e ordene a seu secretario de defesa exigir um relatórios completo e aberto de todos os grupos de acesso especial não reconhecidos no Pentágono, e deixar as fichas da verdade caírem aonde possam. As pessoas não exigem nada menos!
Publicado tbm no site:
http://ovnihoje.com/2018/02/03/chegou-a-hora-de-revelar-a-verdade-sobre-os-ovnis/
0

Lua de Saturno , "Pode provar que a vida pode florescer sem água".


140605-saturn_b630650d7840ebd4a1967e04f727ebba.nbcnews-fp-1240-520



Pesquisadores da NASA confirmaram a existência da atmosfera de Titan de cianeto de vinilo, que é um composto orgânico que poderia potencialmente fornecer as membranas celulares para a vida microbiana para se formar nos vastos oceanos de metano de Titã. Se for verdade, pode-se demonstrar que a vida pode florescer sem o omnipresente H2O.

As membranas celulares terrestres são feitas de fosfolípidos: cadeias moleculares com cabeças de fósforo-oxigênio e caudas de corrente de carbono que se ligam entre si para formar uma membrana flexível em água. A vida baseada no metano, se existisse, precisaria de uma alternativa à existência da Terra baseada em fosfolípidos e abriria uma gama muito maior de planetas e luas para a possibilidade da vida extraterrestre. uma alternativa possível é o cianeto de vinil.
O fósforo e o oxigênio, encontrados nas membranas celulares da Terra, não existem nos oceanos frígidos do metano de Titã, de modo que qualquer membrana celular deve ser baseada em nitrogênio, hidrogênio e carbono, todos os quais são abundantes em Titã. Estudos de modelagem molecular de uma variedade de moléculas contendo esses elementos mostraram que o cianeto de vinilo era a molécula mais provável de formar uma membrana estável e flexível que atua como membranas à base de terra sob as condições de Titan.

Ainda assim, a vida baseada em cianeto de vinilo, como qualquer outra, enfrentaria circunstâncias desafiadoras em Titan. No entanto, Palmer diz que "se as membranas podem ser feitas em um laboratório com uma simulação das condições do oceano de Titã, isso nos tornaria mais otimistas sobre eles realmente se formando no Titan".

A espaçonave Cassini primeiro inferiu a presença de cianeto de vinil na lua saturna através do uso de seu espectrômetro de massa, mas levou o olhar altamente sensível da matriz Atacama Large Millimeter / submillimeter (ALMA), no deserto do Chile, para confirmar vinil O cianeto é, na verdade, lá.

Maureen Palmer, pesquisadora do Goddard Space Flight Center da NASA em Greenbelt, Maryland, e autor principal de um artigo descrevendo a pesquisa em Advances Science, coletou dados arquivísticos da ALMA e viu cianeto de vinil alto na atmosfera de Titan, em altitudes superiores a 200 quilômetros, com as maiores concentrações em áreas acima do pólo sul de Titã.

Nas baixas temperaturas em Titan, que atingem -179 graus Celsius (-290 graus Fahrenheit), as moléculas orgânicas na atmosfera formam gotas que chovem para encher lagos de metano em um ciclo meteorológico semelhante ao do ciclo da água da Terra. Lá, eles poderiam potencialmente criar formas de vida simples e microscópicas. O grupo de Palmer realizou estudos de modelagem que mostraram que há cianeto de vinil suficiente em Ligeia Mare, o lago do norte de Titan, para formar cerca de 10 milhões de células por centímetro cúbico, aproximadamente 10 vezes mais do que as bactérias nos oceanos costeiros da Terra.

O lago gigante mais ao norte de Titan, Ligeia Mare, contém cianeto de vinil suficiente para formar as membranas celulares de dez milhões de células por centímetro cúbico. (NASA / JPL-Caltech / ASI / Cornell)

O cianeto de vinil ainda não foi comprovado para produzir a vida, mas um estudo anterior por pesquisadores da Universidade de Cornell, que também foi publicado em Advances Science, tornou uma perspectiva intrigante. Os pesquisadores de Cornell, liderados pelo professor de Engenharia Química e Biológica Paulette Clancy, descobriram se as moléculas que existem no Titan podem formar membranas celulares chamadas azotosomes, que é o nome dado às membranas celulares que podem se formar nas condições líquidas do metano de Titan.

Ela observa ainda que, devido à sua química atmosférica extensa e aos seus corpos de superfície líquida, Titan é "um laboratório químico interessante para estudar os limites da possível bioquímica para criar a vida".

Clancy diz que as descobertas do laboratório de Palmer foram "uma valiosa validação de nossa predição, já que eles acham que a concentração de cianeto de vinil é bastante considerável para tornar a auto-montagem em vesículas parecidas com os azocos como um processo viável".

Ela acrescenta: "Ele também mostra o poder da simulação molecular para brilhar uma lanterna para os candidatos mais promissores para a vida prebiótica em condições difíceis de imitar no laboratório".

The Daily Galaxy via NASA / Astrobio.net

Crédito da imagem: NASA

Fonte:

http://www.dailygalaxy.com/my_weblog/2018/02/alien-vinyl-lifeforms-saturns-titan-may-prove-that-life-can-flourish-without-water.html

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

0

NASA pode ter encontrado vestígios de vida em Marte


NASA pode ter encontrado vestígios de vida em Marte


Descoberta do jipe-sonda Curiosity causou tumulto na NASA, após capturarem imagens do que podem ser sinais de vida antiga em Marte.
O jipe-sonda em Marte tirou fotos do que podem ser vestígios de fósseis, de acordo com o pesquisador Barry DiGregorio.
DiGregorio, pesquisador da Universidade de Buckingham, disse:
Eles parecem notavelmente semelhantes aos fósseis ordovicianos que estudamos e fotografamos aqui na Terra.
Se não forem fósseis, quais outras explicações geológicas a NASA irá dar?
As imagens foram obtidas usando a MAHLI do jipe-sonda, uma câmera colorida montada no topo do veículo espacial.
Elas foram tiradas no início de 2018 e descritas como ‘únicos’ pelo cientista do projeto Curiosity.
Os traços de fósseis são sinais de vida passada, seja dos restos mortos de criaturas vivas ou de coisas deixadas por elas.
Ashwin Vasavada, cientista chefe da missão Curiosity da NASA, disse que os vestígios têm entre um e dois milímetros de largura, com um comprimento máximo de cerca de cinco milímetros.







Ele disse à Space.com que ‘não descarta’ que sejam vestígios fósseis.
Ashwin acrescentou:
Eles são tão pequenos.
Estes foram únicos o suficiente, dado o fato de que não sabíamos que eles estavam lá, que agora achamos que devemos voltar [ao local onde os possíveis fósseis foram encontrados].
Se virmos mais deles, começaremos a dizer que este é um processo importante que está acontecendo na Serra Vera Rubin.
Fonte:   https://www.dailystar.co.uk/news/latest-news/672000/nasa-news-mars-fossils-curiosity-rover-space-alien-life
Proxima  → Página inicial

Satélite em busca de vida extraterrestre

Documento Oficial relatos 25 anos antes do caso ET de Varginha

Sunrise Time-lapse from the International Space Station (ISS)



Linda imagem da Estação Espacial !!!

Pentágono libera video Autêntico de OVNI

Visão abordo Estação Espacial Internacional - NASA