quinta-feira, 19 de abril de 2018

0

O dia em que uma partida de futebol foi parada por OVNIs… e não foi no Brasil


partida de futebol foi parada por OVNIs

Por mais fascinante que possa parecer, é verdade. O ‘evento’ aconteceu em Florença, na Itália, em 27 de outubro de 1954.
Em outubro de 1954, uma partida envolvendo a equipe italiana Fiorentina foi interrompida por misteriosos visitantes que pairavam sobre o estádio. Os OVNIs de Fiorentina fizeram parte de uma onda de avistamentos em massa em toda a Europa – e isso permanece um mistério até hoje.
Naquela ocasião, um dos maiores avistamentos de OVNIs da história aconteceu: cerca de 10 mil pessoas que estavam no estádio Artemio Franchi assistindo ao encontro entre Fiorentina e Pistoiese testemunharam o aparecimento de objetos voadores não identificados nos céus acima do estádio.
Finalmente, o jogo teve que ser suspenso ‘porque os espectadores viram algo no céu’, de acordo com o relatório oficial do árbitro do jogo.
De acordo com o testemunho de um dos jogadores presentes nessa partida, Ardico Magnini, que era uma espécie de lenda no clube e havia jogado pela Itália na Copa do Mundo de 1954:
Eu lembro de tudo, de A a Z. Era algo que parecia um ovo que se movia devagar, devagar, devagar. Todos olhavam para cima e também havia algum brilho vindo do céu, brilho prateado.
Ficamos surpresos que nunca tínhamos visto nada assim antes. Ficamos absolutamente chocados.
Ele também lembrou que um estranho material pegajoso e brilhante caiu no chão.
partida de futebol foi parada por OVNIs
Outros testemunhos relatam a presença não de um, mas de vários objetos estranhos no céu.

Nos dias seguintes, numerosos outros avistamentos de OVNIs foram registrados nas cidades próximas ao estádio.
Essa substância desconhecida não caiu apenas no campo, mas cobriu boa parte de Florença antes de evaporar.
Aqueles que entraram em contato com esse material descrevem-no como semelhante ao algodão, mas impalpável, pois se desintegrava ao contato.
Uma explicação “científica” desse fenômeno chegou muitos anos depois: poderiam ter sido grandes redes de teias conectadas, que apareceram no céu como globos, brilhando pelo reflexo do Sol, pois é assim que as aranhas migram.
Curiosamente, outubro coincide com o tempo de migração das aranhas do hemisfério norte. Entretanto, o material encontrado simultaneamente com o aparecimento de OVNIs foi analisado em laboratório e os elementos encontrados não coincidem com os que fazem parte das teias de aranha.
Portanto, até hoje, o que quer que os espectadores e jogadores viram flutuando sobre o estádio Artemio Franchi continua sendo um profundo mistério, e um dos casos de OVNIs mais bem documentados da história.
Publicado tbm pelo site:
http://ovnihoje.com/2018/04/16/o-dia-em-que-uma-partida-de-futebol-foi-parada-por-ovnis-e-nao-foi-no-brasil/

sábado, 14 de abril de 2018

0

Mig-29 persegue OVNI por 18 minutos sobre Federação Russa


Mig-29 persegue OVNI por 18 minutos

Nas primeiras horas de 18 de fevereiro de 2016, a rede de defesa aérea da Federação Russa foi ativada devido a um objeto misterioso, que se acredita ser um OVNI, o qual cruzou a fronteira e a Força Aérea Russa lançou vários jatos Mig 29 para investigar. Um MIG, o “725”, foi finalmente capaz de se aproximar do objeto não identificado, e em um determinado ponto não só foi capaz de vê-lo visualmente, mas foi capaz de chegar a 300 metros do objeto antes dele sair em disparada e cruzar a fronteira.
O que segue é um áudio fascinante do “725” (MIG-29 Russo) perseguindo um OVNI, e aparentemente observando um segundo OVNI do outro lado da fronteira, para finalmente perdê-lo de vista depois que ele atravessou para o outro. Apesar de ter obtido contato visual, bem como leituras de radar, o “725” e seus controladores de voo foram incapazes de classificar o objeto.
Depois de pesquisar o avistamento, entramos em contato com vários tradutores para nos ajudar a traduzir o áudio, para que pudéssemos aprender mais sobre os acontecimentos daquela manhã.

Tradução do áudio:

A gravação é intitulada “Intercepção de intrusos.” A discussão registada teve lugar entre a aeronave 725 (voz masculina) e o Controle de Solo. 725 é o apelido para a aeronave MiG-29 que estava fazendo a interceptação do objeto intruso.
(Por questões de objetividade, somente as partes relevantes são mostradas abaixo – n3m3.)
-725, qual é o seu curso atual?
-180
-Qual é o seu curso atual?
-180
-Relativo ao horizonte?
-725, curso 180, 4000.
-725, vejo você no curso 20
-725 estou em curso 180
-725, compreendido. 725 curso 90 para a direita
-725, entendido
-725, compreendido. Para mais informações: o alvo está no seu curso de 30 graus à esquerda. Distância é de 30 quilômetros…
-Entendido. O que eles estão fazendo?
-<> que provavelmente realizam manobra na curso 30.
-725, no campo de 30.
-Qual é o seu nível?
-30 – 4600.
-À esquerda está mais perto agora. Distância é de 18 quilômetros agora.
-18 quilômetros entre nós?
-Sim.
-Entendido, 725.
Eu permito 7400 latitude.
-725, compreendido. Fazendo 7400 padrão à esquerda no curso de 180.
-Agora à esquerda. Distância é de 10 quilômetros agora.
-À esquerda?
-Sim, à esquerda.
-Qual é a sua velocidade 725?
-A velocidade é 650. 600 está ajustado.
-Entendido. Velocidade 600. Vire à esquerda.
-725, entendido, para a esquerda. 500 de velocidade  está configurado no dispositivo.
-Entendido. Feito.
-O que podemos esperar?
-Não entendo.
-Quais são esperadas?
-O reconhecimento do alvo é o esperado.  725 curso de saída 360 à sua esquerda.
-Qual é o curso?
-3-6-0.
-Entendido. Curso 360-7500… …curso 360-7500
-O alvo está ocupado. Distância entre você e o alvo é de 20 km. Acima de mil.
-725, compreendido.
-Ele à sua esquerda, 725.
-Não entendo.
-O alvo está à sua esquerda.
-Temos 90 à esquerda.
-Entendido 725, fazer uma manobra para a direita.
-725, compreendido. Subindo para o campo de 30-7500.
-7500 horizonte, 735. velocidade 600 kmh. No curso de 30, haverá o alvo 45 à esquerda. O objetivo é manobrar para a direita de você.
-725 compreendido. Manobrando para a direita sob 45. A velocidade é de 600 – 7.500 restantes.
-A distância entre você e o alvo é de 12 km
-725 compreendido.
-No lado esquerdo, a 60 e, em seguida, 10.
-O alvo está no campo de 360 a 45 de longitude. Distância é 8.
-Seu curso de saíde e 170.
-725 entendido 170. Qual é o ângulo de rumo agora?
-O alvo estará à esquerda sob 40, seguindo o curso 170
-Na esquerda ou à direita?
-Esquerda. Você vê alguma coisa à direita?
-Ainda não.
-Continue indo para a esquerda. Curso de saída 150.
-Executando 150.
-No curso de 150 execute manobra. O alvo está do lado esquerdo 725.
-Entendido. Eu recebo um sinal de rádio na parte de trás do meu lado direito.
-Sim, há um outro por trás do limite. A distância é de 15 quilômetros por trás. O curso é 90.
-Eu estou fazendo isso até o curso 90.
-Não vejo nada. Radiação por trás do lado esquerdo.
-Major vá para a esquerda com o curso de saída 330, 725.
-Entendido. Prosseguir. Altitude 7500 permanece
-725 não ligue o armamento.
-Entendido.
-Continuar o curso 180 de saída à esquerda.
-725, realizo 180 para a esquerda.
-O alvo está à esquerda a uma distância feixe de 6 quilômetros e mais alto do que mil.
-725, compreendido. Mil.
-Agora é à esquerda em um feixe maior do que quinhentos.
-Eu não vejo!
-Em qual curso você passou?
-Passaram 300. É o único alvo?
-Único, 725.
-725 a distância ao alvo é 8. Manter curva à esquerda a 35 e a vista dentro do hemisfério esquerdo.
-725, compreendido.
-O RWR está ligado?
-Sim. Ainda não tem sinal.
-Entendido.
-Estabilização está ligada. Rolar em 35, 7500 padrão. Eu continuo a monitorá-lo visualmente.
-725, compreendido. A distância é de 11 quilômetros.
-Dentro da curva bem?
-Sim.
-Entendido. Ele [alvo] vai sinalizar para nós agora.
-Prosseguir ao alvo. Continue vigiando ele. A distância é de 11 entre você e o alvo.
-Entendido.
-Qual é seu curso atual?
-Eu passei 20 graus.
-20 graus. linha reta até o momento.
-Entendido. Linha reta.
-Entendido. Volte. Manter a curva à esquerda 30 para 11 horas.
-Entendido. Para 11 horas. Sinal RWR de trás do lado esquerdo.
-Entendido. Continuar uma vez para a esquerda. Curva 45.
-Entendido, 45. Na esquerda sob 90. Eu observo uma iluminação relativamente às estrelas.
-É permitido 8000 padrão. Não perca o alvo de sua visão.
-725 compreendido. 8000 padrão.
-Não perca o alvo do contato visual.
-Entendido.
-Controle de velocidade, modo de estabilização.
-Entendido. Confirme o curso.
-Confirmo o curso.
-Entendido. Configurar para 80-padrão.
-Entendido. Mantendo.
-Entendido. Curso 240 – padrão.
-Será que ele [alvo] se moveu para a esquerda?
-Sim, à esquerda novamente.
-Você pode distinguir para cada alvo?
-Não.
-Entendido 725, confirmar o que você está observando de novo?
-Um objeto brilhante relativo às estrelas.
-Radiação?
-Não há nenhuma radiação.
-Entendido.
-800 padrão está configurado.
-O alvo está visualmente mais alto do que você?
-Fica a 300 metros mais alto do que eu. À esquerda 15.
-725, qual é o seu curso?
-725, o curso é de 240 no lado esquerdo 15-25. Eu observo algo.
-Manobra em um curva. Mantenha o contacto visual com ele.
-725, compreendido. Você confirma isso?
-Sim, eu confirmo.
-Entendido. Parece longe de mim.
-Qual é a distância?
-Estou verificando.
-Recebendo sinal RWR esquerda sob 50.
-725, não perdeu o contato visual?
-Com apenas um alvo. Eu não observo os outros. À esquerda 15. Eu continuo o curso 240-7800 no padrão.
-725, você tem uma oportunidade para uma volta para a esquerda?
-Não entendi.
-Você tem a oportunidade de mudar a disposição para a esquerda, para que você possa observar o alvo melhor?
-Eu estou do lado da Lua agora
-Não entendi.
-Eu tenho aLua no lado direito e o alvo está à esquerda.
-Não entendi.
-Eu não observo qualquer movimento.
-Entendido. Você está mantendo o contato visual?
-Estou. ele está me deixando?
-Sim. Ele está se movendo perto “de uma fita” (limite de águas russas)
-Entendido. Eu confirmo.
– Entendido. O que lhe resta?
-3500 está à esquerda.
-725, curva à direita.
-725, certo?
-Certo, curso para o posto de controle, 725. 725, para a direita. Um curso sobre um farol.
-725, indo para a direita – em direção ao farol. 725, sob 90.
-À esquerda.
-Você pode distingui-los?
-Não, está muito longe.
-725, voltar ao ponto de verificação 800.
-Quanto combustível que resta? Qual é a curva e máxima? Ir para o ponto de verificação.
-330.
-Compreendido 330. Ocupe 750o latitude padrão sob o controle de RWR
-725, compreendido. 7500 latitude é tomada. Radiação de RWR
-Entendido.
-Há algo por trás, no lado direito
-725, A radiação procede?
-Sim. À direita.
-725, 7507 é permitido. Diminuir de acordo com o padrão, ocupar 210 com a velocidade de 750 no dispositivo.
-725, compreendido.
-Entendido. Não vejo radiação.
-Há sim. Ele deixou provavelmente em baixa altitude.
-725, para a esquerda, um curso sobre um farol.
-Entendido
-Estimativa para os primeiros desenvolvimentos 1200 em 180.
-725, compreendido. Para o primeiros 1200 em 180. Há algo destacado na parte de trás. Tem alguém aí?
-Pode ser nossos trabalhadores em terra.
-Entendido.
-725, Prepare-se para pouso 1200. Mantenha 1200 ainda.
18 de fevereiro
00h55 – Fomos acordados por um alarme e lançados em nossos MiG-29 para interceptar
alvos em um rumo de 180 graus
01h22 – Alvo interceptado
01h40 – O “intruso” cruzou a fronteira.
Retornamos à base.
O stie Radioscanner.ru se sente compelido a fazer alguns comentários a fornecer detalhes a respeito da discussão ativa no fórum sobre a gravação de rádio de 18 de fevereiro, 2016.
As gravações foram feitas em 18 de fevereiro de 2016 00h55-01h40 arquivo de áudio, horário de Moscou. O áudio foi editado para remover as pausas, os sinais de chamada completos das (interceptador) aeronaves, sinais de identificação do aeródromo militar e de outros transmissores vizinhança (do incidente).
O arquivo é legal sob as leis da Federação Russa, pois as transmissões estavam abertas (sem criptografia) em frequências de rádio normais da aviação. Qualquer pessoa com um receptor de banda larga na área poderia ter recebido esses sinais, e poderia ter sido recebido em uma gama maior de equipamento de rádio amador.
Afirmamos que o Ministério da Defesa definiu orientações sobre como interpretar e comentar sobre esses eventos e que não violamos suas (diretrizes). Acreditamos que os relatórios de voo do Distrito Militar do Sul (em fevereiro) não está relacionada a este caso, porque nesse incidente em 09 de fevereiro de 2016, dois aviões de transporte AN-72 foram interceptados como parte de uma missão de treinamento e forçados a aterrar. Essas interceptações foram realizadas em horas da tarde do dia, enquanto que os eventos de 18 de fevereiro e as transmissões de rádio ocorreu durante a noite.
Por favor note que, por lei, os cinco objetivos de intercepção de intrusos são;
a). Identificação do intruso
b). Ajudar a tripulação de um intruso, levando-os de volta ao curso
c). Forçar um intruso para fora do espaço aéreo da Federação Russa
d). Interceptar e forçar (um intruso) a partir de áreas de fronteira e longe de áreas restritas e zonas de exclusão aérea
e). Forçar um intruso a pousar
Dito isto, o objetivo foi alcançado: o intruso foi obrigado a deixar o espaço aéreo russo.

Publicado tbm no site:
http://ovnihoje.com/2018/04/12/mig-29-persegue-ovni-por-18-minutos-sobre-federacao-russa/
0

Dentro de duas semanas a vida em Marte pode ser descoberta


vida em Marte pode ser descoberta



Uma sonda espacial europeia está prestes a finalmente descobrir se há vida em Marte.
ExoMars Trace Gas Orbiter (TGO), da Agência Espacial Europeia (ESA), que iniciou a sua viagem ao planeta vermelho há um ano, está orbitando o planeta. Ele vai começar a procurar por vida alienígena dentro das próximas duas semanas.
A nave permanecerá na atmosfera marciana, onde irá “farejar” por sinais de vida alienígena. Isto inclui a presença de metano, que seria uma forte indicação de que existe organismos vivos em Marte.
A TGO está atualmente na órbita de Marte, mas a ESA está instalando um novo software na máquina.
A gerente de missão da ESA, Pia Mitschdoefer, disse:
Este é um marco importante para o nosso programa ExoMars, e uma conquista fantástica para a Europa.
Chegamos a esta órbita pela primeira vez através de aerofrenagem e com a sonda mais pesada já enviada ao planeta vermelho, pronta para começar a procurar por sinais de vida a partir de sua órbita.
A nave irá analisar traços de gases que compõem menos de 1% da atmosfera de Marte. Isto inclui o metano, o qual foi previamente detectado em Marte pela NASA e a ESA.
O metano é encontrada na Terra e é em grande parte gerado pela atividade por micróbios vivos.
Os especialistas estão esperando encontrar um processo semelhante em Marte, que iria provar que há vida em outros lugares do universo além do nosso planeta.
No entanto, o metano é também criado pela atividade vulcânica e ocorre naturalmente reservatórios de hidrocarbonetos.
A TGO será capaz de determinar a origem do metano.
Esta é apenas a primeira parte da missão. O jipe-sonda projetado e construído no Reino Unido vai pousar no planeta vermelho em 2020.
O jipe-sonda ExoMars irá recolher amostras de solo para procurar por evidências de vida em Marte.
Publicado tbm no site:
http://ovnihoje.com/2018/04/11/dentro-de-duas-semanas-a-vida-em-marte-pode-ser-descoberta/

segunda-feira, 9 de abril de 2018

0

Pesquisador peruano expõe avistamentos e acidentes de OVNIs em seu país



 Pesquisador peruano expõe avistamentos e acidentes de OVNIs



O pesquisador peruano Mario Zegarra expôs a ocultação de avistamentos e colisões de OVNIS sobre o Aeroporto Jorge Chavez, as praias de Lurín, Ventanilla, e na tradicional Costa Verde, ou em todo o Peru. Ele está solicitando um desacobertamento do fenômeno.
OVNIs no Aeroporto Jorge Chavez, bem em frente às praias de Lurín, em Ventanilla ou na tradicional Costa Verde. Sim, verdade. Apresentaremos os casos de avistamentos e colisões de OVNIs que o pesquisador e ovniólogo Mario Zegarra afirma terem ocorrido não apenas em Lima, mas em todo o Peru, e que foram ocultados da população por décadas e ao longo da história, por razões desconhecidas.
Zegarra sustenta que esses arquivos foram zelosamente ocultados pela Dirección de Intereses Aeroespaciales (Força Aérea do Peru), atualmente conhecida como DINAE. Mas longe de divulgar esta informação ao público em geral, de acordo com os protocolos de desclassificação, ela foi disponibilizada aos estrangeiros, que de fato tiveram acesso às suas fontes, e levaram segredos de Estado.

OVNIs no Aeroporto

Entre os 11 casos, encontramos o número 00009, que relata o pouso de três (3) OVNIS no pátio da pista do Aeroporto Internacional Jorge Chávez em 1999. Várias testemunhas em aviões de passageiros alegaram ter visto os OVNIs, mas quando estavam prestes a depor, os militares proibiram-nos de entrar em contato com a imprensa. Aqueles que tiraram fotos do evento as tiveram confiscadas. Dizem até que algumas das testemunhas se mudaram para os Estados Unidos e nunca retornaram ao Peru.

Os caças Mirage e os OVNIs da Costa Verde

Em 1978, dezenas testemunharam como dois caças Mirage perseguiram um par de UFOs por 15 minutos sobre a praia dos Pescadores de Chorrillos, na Costa Verde, nos dias da ditadura militar de Morales Bermúdez. Também foram reportados acidentes de OVNI em Lurín em 1971, de acordo com o número de processo 00002. Houve outra colisão em El Callao em 1980. Um ano depois, a FAP recuperou os restos de um OVNI oval no distrito de Ventanilla, perto da refinaria.

Outros acidentes de OVNIs

Avistamentos de OVNIs em 1952 também foram relatados, fotografados por Domingo Trigoso em Puerto Maldonado. Este caso tornou-se mundialmente famoso, embora as fotografias tenham sido confiscadas. Em 1967, o Capitão Oswaldo Sanvitti avistou vários OVNIs enquanto pilotava um avião comercial Fawcett. Sua tripulação também os viram, mas foram intimidados a desacreditarem o piloto.

Os OVNIs de Santa María

O caso envolvendo o piloto Santa María, no Caso La Joya de Arequipa (1980), está entre os mais emblemáticos. Este militar perseguiu um OVNI por quase uma hora e até disparou vários mísseis contra ele. Uma vez aposentado do serviço, Santa María realizou várias conferências, contando a história de seu encontro extraordinário com um objeto que voou a velocidades inconcebíveis para a mente humana.

Durante o governo Humala Sabía (2011-2016)

Mario Zegarra disse:
Eles estão escondendo coisas de nós. Durante o governo Ollanta Humala, apresentei documentação destinada a desclassificar esses documentos, que são de natureza pública, para criar consciência entre os cidadãos e abrir os olhos da humanidade para este fenômeno mundial. A população deve conhecer o seu direito civil à informação. Houve uma resposta oficial na época, mas um cidadão mexicano apareceu e levou os documentos da DINAE sem permissão.
A próxima vez que você olhar para o céu, dê uma boa olhada. Pode ser que a luz e o objeto intermitente que você está vendo não sejam apenas isso. Pode ser uma inteligência nos lembrando que não estamos sozinhos neste universo vasto e infinitamente solitário.
Publicado tbm pelo site:
http://ovnihoje.com/2018/04/06/pesquisador-peruano-expoe-avistamentos-e-acidentes-de-ovnis/
Proxima  → Página inicial

Imagens de Objeto não identificado próximo da Estação Espacial

Satélite em busca de vida extraterrestre

Documento Oficial relatos 25 anos antes do caso ET de Varginha

Sunrise Time-lapse from the International Space Station (ISS)



Linda imagem da Estação Espacial !!!

Pentágono libera video Autêntico de OVNI

Visão abordo Estação Espacial Internacional - NASA