domingo, 15 de outubro de 2017

0

Não há por que ridicularizar quem acredita em OVNIs, pois o fenômeno é real


quem acredita em OVNIs

 Atualmente muitas pessoas ridicularizam e tiram barato de quem acredita em OVNIS, mais as pessoas esquecem de que a muitos fatos e documentos oficiais de objetos não identificados, isso acontece todos os dias pelo mundo, muitas pessoas de todos os níveis e até gente famosas já presenciaram essas visões.

 
Flying Saucer Above a Planet
Há décadas, visitantes de outros planetas nos alertaram sobre aonde estamos indo e nos ofereceram ajuda. Mas, em vez disso, nós, ou pelo menos alguns de nós, interpretamos suas visitas como uma ameaça, e decidimos atirar primeiro e fazer perguntas depois. – Paul Hellyer, ex-ministro canadense da defesa (Fonte)
É engraçado como algumas declarações feitas por pessoas com uma “boa reputação” são muitas vezes percebidas como “credíveis” imediatamente, mas quando essas declarações são controversas, como OVNIs, elas ainda são saudadas com um severo ceticismo. Parece que algo deve ser apresentado nos canais de tendência predominante antes de ser considerado credível, como esta foto de Hillary Clinton e Laurence Rockefeller falando sobre as implicações do contato com extraterrestres inteligentes. Um pequeno grupo de pessoas e as corporações que eles gerenciam controlam praticamente todas os nossos canais de imprensa. Portanto, você não sabe o que não é apresentado, e o que é apresentado é muitas vezes distorcido, enganador e falso. Mas este não é o caso a todo momento.

O que torna algo “credível”? Depende de muitos fatores. Quando se trata do tema dos OVNIs, o que temos são centenas, senão milhares de pessoas com origens distintas, que vão desde empregados nas agências espaciais e de defesa, militares de todas as fileiras, até políticos e mais, todos os quais “testemunharam” a existência de OVNIs ou extraterrestres inteligentes através da experiência em seus campos específicos.
Nos bastidores, oficiais do alto escalão da Força Aérea dos EUA estão soberbamente preocupados com os OVNIs. Mas, através do sigilo oficial e da ridicularização, muitos cidadãos são levados a acreditar que os objetos voadores desconhecidos são sem sentido. – Ex-chefe da CIA, Roscoe Hillenkoetter, 1960 (Fonte)
Além disso, também temos documentação oficial lançada em todo o mundo por vários governos e agências de inteligência de defesa que descrevem a existência de OVNIs, os quais realizam manobras que nenhuma aeronave conhecida pode.
…Os OVNIs não são realmente um assunto marginal, as pessoas simplesmente querem saber a verdade.

Este campo está agora cheio de informações que não podem mais ser ignoradas. Talvez seja por isso que é um dos tópicos mais pesquisados ​​na internet hoje.
É importante ter em mente porque é certo questionar as intenções do governo quando se trata de “divulgação OVNI”. A verdade, apesar do fato de que está lá em algum lugar, como de costume, não virá deles.
Sim, houve uma nave acidentada e corpos recuperados … Não estamos sozinhos no Universo, eles têm vindo aqui por muito tempo …  Tive o privilégio de estar por dentro do fato de que fomos visitados neste planeta, e o fenômeno OVNI é real. – Doutor Edgar Mitchell, 6º homem a andar na lua (Fonte) (Fonte)(Fonte)
É um tópico que, quando bem compreendido, não deixará nenhum aspecto da humanidade intocada. Ele se ramifica em tantas áreas diferentes, e há muitas perguntas a serem feitas.
Toda a evidência que foi tornada pública hoje torna “aceitável” para essas pessoas continuarem falando e divulgando mais informações, porque não há mais medo de ridicularização…
(Fonte)

Matéria Publicada tbm pelo site:

 http://ovnihoje.com/2017/10/13/nao-ridicularizar-quem-acredita-em-ovnis/

sábado, 14 de outubro de 2017

0

Não querem que você saiba que há, ou pelo menos houve, uma civilização em Marte


civilização em Marte

Desde pirâmides, alegadas ruínas da cidade, estruturas em forma de pirâmide, até inúmeros denunciantes que revelaram detalhes fascinantes sobre Marte e alegadas ‘civilizações alienígenas’ que já existiam no planeta vermelho, Marte tem sido tema de debate há décadas.
O planeta Marte tem nos dado muito para falar ultimamente. Pouco a pouco, fomos filtrados com informações que contradizem tudo o que pensávamos ser verdade sobre Marte há algumas décadas. E não para por aí.
Inúmeras descobertas foram feitas na superfície de Marte que causam com que façamos mais perguntas sobre o nosso planeta vizinho.
O dia de Marte dura 24 horas e 37 minutos, e aquele planeta possui dois satélites que alguns cientistas afirmam ser de natureza artificial, estacionados ‘muito tempo’ atrás e usados ​​como estações espaciais por uma avançada civilização alienígena.
Um dos argumentos principais que sustentam essa teoria é que um dos satélites viaja quatro vezes mais rápido do que Marte.
Isso é extremamente estranho porque não existe um único satélite natural que conheçamos que tenha uma velocidade maior do que o planeta que ele orbita.
Outro fator que os pesquisadores não conseguiram explicar é o motivo pelo qual um dos satélites do planeta vermelho diminui sua velocidade à medida que se afasta de Marte.
Curiosamente, de acordo com o Dr. S. Fred Singer, assessor especial do ex-presidente Eisenhower, dos Estados Unidos , Fobos pode ser um satélite artificial lançado na órbita de Marte há muito tempo por uma civilização marciana altamente avançada.
No entanto, Singer não foi o primeiro a sugerir que havia algo estranho sobre as luas marcianas. As primeiras reivindicações semelhantes foram feitas pelo astrofísico soviético Iosif Samuilovich Shklovsky, que acreditava firmemente que  um projeto  inteligente estava presente dentro de Fobos.
E há aquele monólito enorme na superfície de Phobos.
Buzz Aldrin, o segundo homem a pisar na superfície da lua, surpreendeu a muitos ao dizer:
Devemos visitar a lua de Marte. Há um monólito lá, uma estrutura muito incomum neste pequeno objeto em forma de batata que gira em torno de Marte uma vez a cada sete horas. Quando as pessoas descobrirem sobre isso, elas vão dizer: “Quem colocou aquilo ali? …” Bem, o Universo o colocou lá, ou se você escolher, Deus o colocou lá.
Os enigmas que cercam Marte e suas luas são muitos, mas as descobertas mais estranhas foram feitas na superfície daquele planeta.
Várias imagens partilhadas pela NASA, tiradas na superfície de Marte, conseguiram provocar uma grande controvérsia, porque muitos pesquisadores afirmam ter encontrado evidências de árvores, água, pirâmides, tubulações, edifícios misteriosos e objetos; inúmeras anomalias que não deveriam estar lá.
Possivelmente pareidolia, mas interessante mesmo assim.
Claro, há essa questão de cor em Marte onde os caçadores de alienígenas afirmam que a NASA alterou a cor real de Marte, a fim de esconder as condições de seu céu e do solo.
Muitas pessoas acreditam que não foi dito tudo sobre Marte, e que a verdade é mantida longe da sociedade.
Sir William Cooper e John Lear, acusaram NASA de esconder informações sobre Marte em um documento assinado em 1989 para o presidente Bush.
Outra figura proeminente que fez declarações surpreendentes é Gordon Novel, um ex-membro do Ministério da Defesa, que disse que tanto a NASA quanto o governo dos EUA têm enviado pessoas a Marte por muitos anos.
De acordo com vazamentos ‘internos’, a NASA está usando naves espaciais cônicos, que só levam 33 horas para chegar a Marte, e temos captado a energia livre por mais de 60 anos.
O Dr. O’Leary, que se tornou um respeitado professor de física na Universidade de Princeton depois de deixar NASA, disse:
Há provas abundantes de que estamos sendo contactados. Civilizações têm estado nos monitorando por muito tempo e sua aparência é bizarra a partir de qualquer tipo de ponto de vista tradicional ocidental materialista .
Talvez uma dessas civilizações alienígenas foi o que existiu – ou ainda existe – em Marte.
O Dr. John Brandenburg disse:
… com base em novos dados, evidência de que durante este período de clima parecido com a Terra, a evolução biológica produziu, por muito tempo, uma civilização humanóide que deixou ruínas em vários locais, Cydonia Mensa e Galaxias Chaos sendo dois dos locais mais intensamente investigados
Os dados destes locais formaram a base para a Hipótese Cidoniana (Brandenburg, DiPietro e Molenaar, 1991) de uma antiga e indígena civilização da Idade do Bronze em Marte.
 egundo Dolan, Richard. UFOs And The National Security State: New York: Richard Dolan Press:
Existem estruturas na superfície de Marte. Vou dizer-lhes para o registro que existem estruturas abaixo da superfície de Marte que não podem ser vistas pelas câmeras da Voyager que passava em 1976. Além disso, vou dizer-lhes que há máquinas na superfície de Marte, e há máquinas abaixo da superfície que você pode ver o que são, onde estão, quem são, e muitos detalhes sobre elas.
Matéria publicada tbm pelo site:
http://ovnihoje.com/2017/10/05/civilizacao-em-marte/


quarta-feira, 11 de outubro de 2017

0

Astrônomos descobrem anel gigante na órbita de Saturno


Imagem artística do anel gigante de Saturno (Foto: Nasa/Divulgação)


Cientistas da Nasa (Agência Espacial americana) descobriram um anel gigante em torno de Saturno, em cujo espaço caberiam 1 bilhão de planetas do tamanho da Terra.
Sua parte mais densa fica a cerca de 6 milhões de quilômetros de Saturno e se estende por outros 12 milhões de quilômetros, o que o torna o maior anel de Saturno. A altura do halo é 20 vezes maior que o diâmetro do planeta.

"Trata-se de um anel superdimensionado", definiu a astrônoma Anne Verbiscer, da Universidade da Virgínia em Charlottesville e uma das autoras de um artigo sobre a descoberta publicado na revista científica Nature.
"Se ele fosse visível a partir da Terra, veríamos o anel com a largura de duas luas cheias, com Saturno no meio", comparou a cientista.

Quase invisível

Verbiscer e seus colegas utilizaram uma câmera de infravermelho a bordo do telescópio espacial Spitzer para fazer uma "leitura" de uma parte do espaço dentro da órbita de Phoebe, uma das luas de Saturno.

Segundo a astrônoma, o anel é praticamente invisível por telescópios que utilizam luz, já que é formado por uma fina camada de gelo e por partículas de poeira bastante difusas.
"As partículas estão tão distantes umas das outras que mesmo se você ficasse em pé em cima do anel, não o veria", disse Verbiscer.

Os cientistas acreditam que a lua Phoebe é que contribuiu com o material para a formação do anel gigante, ao ser atingida por cometas.
A órbita do anel está a 27 graus de inclinação do eixo do principal e mais visível anel de Saturno.

Mistério

Os cientistas acreditam que a descoberta do anel poderá ajudar a desvendar um dos maiores mistérios da astronomia - a lua Iapetus, também de Saturno.
A lua foi descoberta pelo astrônomo Giovanni Cassini em 1671, que percebeu que ela tinha um lado claro e outro bastante escuro, como o conhecido símbolo yin-yang.

Segundo a equipe de Verbiscer, o anel gira na mesma direção de Phoebe e na direção oposta a Iapetus e às outras luas e anéis de Saturno.
Com isso, o material do anel colide constantemente com a misteriosa lua, "como uma mosca contra uma janela".

Publicação e fonte site:

http://www.bbc.com/portuguese/ciencia/2009/10/091007_saturnoanelml

domingo, 8 de outubro de 2017

0

Prepare-se para 13 de outubro – mais uma data do fim do mundo


13 de outubro



Na próxima quinta-feira, (12) o asteroide conhecido como 2012 T4C passará entre a Lua e a Terra a uma distância assustadoramente próxima de apenas 6.750 quilômetros de nosso planeta. O asteróide pode ter até 30 metros de tamanho, e é uma das passagens mais próximas da Terra de um asteroide.
No entanto, alguns teóricos da conspiração cristãos acreditam que a chegada do asteroide marcará o início do fim do mundo.
Um blog administrado pelo poeta Mel Brake diz que a passagem do asteroide será um sinal no céu que a Mãe Maria deve retornar e o apocalipse começar.
O site diz que outubro marcará o aniversário de 100 anos de ‘Nossa Senhora de Fátima’.
Em 1917, entre maio e outubro, três jovens pastores portugueses teriam sido visitados pela Mãe Maria, que lhes forneceu visões do apocalipse.
Agora, um século depois, alguns acreditam que o asteroide é o sinal final.

 
Trajetória de voo do asteroide 2012 T4C. Crédito: NASA/GETTY
O blog do Sr. Brake aponta para Apocalipse 12: 1, que diz que um “sinal” aparecerá nos céus antes que uma mulher venha e ofereça grande angústia aos que estão na Terra – a mulher sendo Mãe Maria neste caso.
A passagem da Bíblia 12: 1-2 lê:
Apareceu em seguida um grande sinal no céu: uma Mulher revestida do Sol, a Lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas.
Estava grávida e gritava de dores, sentindo as angústias de dar à luz.
A publicação do blog diz:
A mensagem é clara, temos uma escolha entre luz ou escuridão, desde os 100 anos da aparição da Mãe Maria às três criancinhas de Fátima.
Quando a Mulher Vestida do Sol retorna em 13 de outubro de 2017, o que ela retornará como uma Mãe triste e dolorida ou uma mãe amorosa e feliz…?
No entanto, a NASA diz que não existe o perigo do fim do mundo e usará a aproximação do asteroides – menor que a distância entre Londres e Los Angeles – para coletar dados valiosos sobre o asteroide que foi descoberto em 2012.
Michael Kelley, cientista do programa e líder da sede da NASA para a campanha de observação da TC4, disse:
Os cientistas sempre gostam de saber quando um asteroide irá fazer uma aproximação e passar com segurança pela Terra, porque eles podem fazer preparativos para coletar dados para caracterizar e aprender o máximo possível sobre isso.
Desta vez, estamos adicionando outra camada de esforço, usando esta aproximação do asteroide para testar a rede mundial de detecção e rastreamento de asteroides, avaliando nossa capacidade de trabalhar em conjunto para encontrar uma potencial ameaça real de asteroides”.
É a segunda vez em poucos meses que alguém previu o fim do mundo.
Em setembro, o numerógolo cristão David Meade acreditava que 23 de setembro veria a chegada do mítico planeta Nibiru, que ele pensou que traria o apocalipse.
O Sr. Meade chegou a esta conclusão analisando a mesma passagem na Bíblia…
…No entanto, (como você  mesmo é testemunha) 23 de setembro veio e se foi sem qualquer avistamento credível de um grande planeta que causaria o fim do mundo.
Como em Matérias anteriores publicadas nesse blog, dia 12 vamos ter uma aproximação de um Asteroide muito próximo da Terra.  Novas publicações estão dizendo que pode ser um sinal do fim do mundo, já ouve outras datas que foi publicada como fim do mundo agora a mais recente será dia 13 desse mês, agora só nos resta esperar e ver se passa de mais uma data do fim do mundo ou não.
Matéria Publicada tbm no site:
http://ovnihoje.com/2017/10/07/prepare-se-para-13-de-outubro/

sábado, 7 de outubro de 2017

0

Foto oficial da missão Gemini mostra OVNI orbitando a Terra


OVNI orbitando a Terra


O programa Gemini foi o segundo programa espacial tripulado dos Estados Unidos, desenvolvido na década de 1960, durante a corrida espacial com a União Soviética.
O projeto começou em 1965, depois que a agência espacial norte-americana finalizou o seu primeiro programa de vôo espacial: o inovador  projeto Mercury, que tinha colocado com sucesso os primeiros astronautas americanos em órbita.
O programa Gemini, ao contrário de seu antecessor e sua posterior continuação com o Programa Apolo, não produziu tanta euforia na opinião pública, embora os desenvolvimentos alcançados nele seriam de vital importância para o desenvolvimento das futuras missões Apolo e a meta de alcançar a superfície da Lua.

 
O principal objetivo do programa Gemini foi o de demonstrar as possibilidades de vôo espacial e acoplamento que seriam utilizados mais tarde durante as missões Apolo, quando o módulo lunar separou do módulo de comando em órbita lunar, e mais tarde se encontrou com a nave de novo, depois que os astronautas tinham deixado a superfície lunar.
Outro objetivo das missões Gemini era o de estender a estadia dos astronautas no espaço por até duas semanas.

Isto era mais do que o necessário para as missões Apolo.
Como você pode ver, o projeto Gemini foi de grande importância, uma vez que ajudou a humanidade alcançar a Lua, pousar em sua superfície, e retornar com segurança de volta para casa.






Uma das imagens mais curiosas obtidas durante o projeto Gemini foi tirada em 1966, durante a missão Gemini X.
A Gemini X foi uma missão espacial tripulada do programa em 1966. Foi o oitavo vôo tripulado do programa e o décimo sexto do programa espacial estadunidense.
A missão durou durante 2 dias, 22 horas, 46 minutos, 39 segundos.
Durante a missão Gemini X, os astronautas a bordo tiraram uma série de imagens que mais tarde seriam escondidas nos arquivos da NASA.

Uma das imagens mostra uma luz misteriosa à direita da nave espacial e do planeta Terra, diferente de qualquer outra coisa em sua vizinhança.
A imagem pode ser visto visitando o seguinte link:
http: // tothemoon. Ser. ASU. edu / data_g / G10 / Maurer / full / S66-45774_G10-M_f. png








Caçadores de OVNIs estão convencidos de que o que apareceu na imagem obtida pelos astronautas da missão Gemini era na verdade uma nave alienígena, claramente distinguíveis por três luzes ‘grandes’.

Após a ampliação, vemos claramente o que parecem ser três luzes brilhantes que os caçadores de OVNIs dizem que são o sistema de propulsão da suposta nave extraterrestre.
Curiosamente, o Major Gordon Cooper, astronauta e membro do Projeto Gemini, testemunhando sob juramento à Organização das Nações Unidas disse:
Acredito que estes veículos extraterrestres e sua tripulação estejam visitando a Terra, vindos de outros planetas … a maioria dos astronautas são relutantes em discutir os OVNIs.
e:ada tbm pelo sitEle também disse:
Eu fui perguntado sobre OVNIs e tenho dito publicamente que eu acho que são de alguma outra civilização.
Em 1965, Cooper comandou a missão Gemini V. Essa missão foi destinado a verificar se os astronautas poderiam sobreviver no espaço por 8 dias, o tempo necessário para alcançar a Lua.
Então aqui está, uma outra imagem extremamente interessante do espaço que mostra o que muitos afirmam ser uma nave de outro mundo, pilotada por seres avançados, não da Terra.

(Fonte)

Matéria Publicada tbm pelo site:

http://ovnihoje.com/2017/10/04/foto-oficial-da-missao-gemini-mostra-ovni/

domingo, 1 de outubro de 2017

0

Alienígenas estão ao nosso redor, confirma professor da Universidade de Columbia


Alienígenas estão ao nosso redor



A vida alienígena está por detrás dos mistérios do Universo, de acordo com uma nova teoria radical, que muitos acreditam ser parte do ‘gotejamento’ do Desacobertamento!
As antigas formas de vida não humanas se transformaram no mundo físico e são a força motriz por trás da física quântica e fenômenos quânticos, tal como a matéria escura, de acordo com um astrofísico da Columbia University.


O especialista diz que nosso Universo é constituído dos restos da vida alienígena inteligente que controla todos os aspectos do mundo físico – desde a gravidade à velocidade da luz, e possivelmente além!
Esta teoria intrigante, porém muito óbvia, ajuda a explicar os grandes mistérios do cosmos e também responde porque ainda temos que encontrar uma vida inteligente além do nosso planeta, diz o professor Caleb Scharf.
Em um artigo recente para o Science Journal Nautilus, o pensador radical escreveu que a vida alienígena poderia existir no comportamento de partículas subatômicas e na expansão do Universo:
Talvez a vida hiper-avançada não seja apenas externa. Talvez já esteja ao nosso redor.
Ela está incorporada no que percebemos ser a própria física.
Em outras palavras, a vida não pode apenas estar nas equações. Ela pode ser as equações.
Ele aponta para uma teoria que sugere que formas de vida alienígenas inteligentes o suficiente para nos alcançar já se tornaram máquinas vivas.
A humanidade também enfrenta essa perspectiva quando nossas criações ultrapassam nossa própria inteligência – um ponto chamado ‘singularidade’.

Caleb Scharf – O homem de frente das elites para o Desacobertamento?
Dando um passo adiante, Scharf diz que extraterrestres hiper-avançados podem ter ido além de transformar-se em máquinas, e chegaram a se tornar um sistema físico complexo.
Ele explicou:
Se você é uma civilização que aprendeu a codificar sistemas vivos em diferentes [materiais], tudo o que você precisa fazer é construir um sistema de transferência de dados de matéria normal para matéria escura: uma impressora 3D de matéria escura.
Sua teoria se concentra em torno da idéia de que não vimos a vida complexa separada da nossa, porque ela já existe ao nosso redor:
Não reconhecemos a vida avançada porque ela forma uma parte integral e não ‘suspeitável’ do que consideramos o mundo natural.

Uma coisa é certeza, estamos em um 2017 bastante importante, parece!
A elite parece estar ficando incrivelmente ‘incomodada’, portanto, cada vez mais histórias de ‘ETs / OVNIs’ chegam à mídia e às notícias, e agora grandes professores como Caleb Scharf anunciam ao mundo que estamos todos ‘cercados por alienígenas’ – um óbvio SIM, mas seria uma acumulação de algo muito maior?
Definitivamente sim!
Estamos sendo divulgados por gotejamento, semanalmente, porque a Elite NÃO pode mais conter a VERDADE e a verdade está acontecendo, não importa o que! Mas, eles não querem abrir tudo para nós muito cedo, porque aqueles que querem nos controlar e nos dividir sabem que seu poder não será mais que uma memória cinza distante!…
A verdade está vindo, gente …

(Fonte)

Publicado tbm pelo site:

 http://ovnihoje.com/2017/10/01/alienigenas-estao-ao-nosso-redor/

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

0

Algo enorme está vindo para a Terra e passará à uma distância menor do que entre Nova Iorque e Tóquio


Algo enorme está vindo para a Terra


E o que é mencionado no título é apenas a estimativa oficial!
Muitos estavam cientes do perigo potencial do asteroide Florence, que passou próximo da Terra em 1º de setembro e nos deu uma falsa sensação de segurança. No entanto, é hora de começar a prestar atenção novamente.
A NASA anunciou que um objeto que eles chamaram de ‘TC4 2012’ está vindo em direção à Terra e espera que ele faça sua passagem em 12 de outubro.


Embora seja um pouco menor do que asteroide Florença, isso não ajudará muito, porque ele é muito mais denso (até mesmo mais denso que o granito!), e está se movendo mais rápido.
O 2012 TC4 é milhares de vezes mais pesado que o meteorito de Chelyabinsk que estremeceu toda uma cidade russa. Com base em registros públicos, ele fará a aproximação mais próxima da Terra de que qualquer outro asteroide de seu tamanho.

Compare um possível impacto desse asteroide com a Terra, como uma melancia sendo atingida por um chumbo de uma espingarda de pressão. Neste caso, a Terra é a melancia e o chumbo é o 2012 TC4. Ele poderia penetrar a crosta e entrar no magma – causando salpicos de magma e erupções vulcânicas maciças. Agora imagine o que aconteceria na região da Terra onde o 2012 TC4 atingisse.

O sistema de defesa planetária da NASA será posto à prova em 12 de outubro

Com base nos números oficiais da NASA, a probabilidade de um impacto é de 1 em 600. No entanto, informações mais perturbadoras foram descobertas.

No que não poderia razoavelmente ser uma coincidência, a NASA está realizando exercícios no dia 12 de outubro, a data exata em que o asteroide deveria ‘quase acertar’ a Terra. É bem possível que estes não sejam exercícios, mas sim preparativos. Embora seja provável que poucas pessoas tenham alguma proteção real desse evento, aqueles que têm um plano podem querer considerá-lo. O governo pode simplesmente manter essa informação em segredo para evitar o pânico.

(Fonte)

Publicação tbm no site:

 http://ovnihoje.com/2017/09/28/algo-enorme-esta-vindo-para-a-terra/

terça-feira, 26 de setembro de 2017

0

Conheça os alienígenas que protegem a Terra dos ETs maléficos, presumivelmente


alienígenas que protegem a Terra
A muito se dizem que a Terra e protegida por seres Extraterrestre, aqui uma Matéria sobre o assunto, os protetores da Terra.  

A civilização humana, sem dúvida, está se aproximando de um limite com o qual terá que lidar. Vivemos em suspense – longos tempos desde a nossa existência nos dá o espetáculo de um futuro que não sabemos exatamente o que irá conter.
Edgar Cayce insiste muito na importância das estrelas, como Orion, as Plêiades e especialmente Arturus. Esta última seria ‘outro sol’ e o portão de saída de nosso Universo. Quando somos liberados desta dimensão, depois de aprender as lições do Cosmos, teremos que terminar o aprendizado deste sistema solar através de um estágio em Arturus.

Arturianos são a civilização mais avançada da galáxia

Essa estrela é, de acordo com Cayce, um sol maior que dá a força mental e espiritual para ajudar a alma a desenvolver.
Arturus é a estrela mais brilhante da Constelação de Boieiro, e está a cerca de 33 anos-luz da Terra.
Esta estrela abre perspectivas sobre fabulosas jornadas interplanetárias nos mundos multidimensionais:
Neste sistema solar que é nosso, a entidade deve passar por todas as outras esferas”.
Nossa entidade primeiro vai para esta usina, Arturus, mais próxima das Plêiades, e assim, atravessando os séculos e o espaço, deve entrar em vários centros de atividades. E às vezes, depois de dez mil anos, uma entidade pode retornar à Terra para manifestar o poder adquirido nessas peregrinações.
Quando uma entidade entra em um desses planos planetários, ela empresta a forma que é adaptada ao plano que ocupa. Não há apenas três dimensões, como a Terra. É um pouco triste voltar para a Terra com ‘apenas’ três dimensões ridículas, especialmente quando você brilhou em Arturus. . .
Aqueles em Arturus representam a quinta civilização interdimensional. Eles aprenderam que o ingrediente fundamental para viver na quinta dimensão é o amor.
Todos os sentimentos negativos (ódio, medo, culpa) devem ser transformados em amor e luz.

Os Arturianos são originários da Constelação Boieiro

Sua nave espacial é uma das mais avançadas do Universo. Uma das razões pelas quais outros extraterrestres e guerreiros do Universo ainda não nos atacaram é que temem essas naves alienígenas avançados dos Arturianos. Uma dessas naves, chamado Athena, voa ao redor da Terra, defendendo-nos dos alienígenas do mal.

Devemos perceber, agora no início de uma nova era, que somos todos iguais, negros, brancos, amarelos, mais treinados, menos treinados, com funções importantes ou pessoas simples que trabalham, e assim por diante. Somente a mente precisa de classificações desse tipo que dividem as pessoas em todos os tipos de categorias; a alma trabalha com amor e a necessidade de sentir que pertencem ao grupo de espécies humanas.

(Fonte)

Publicado pelo site tbm:

 http://ovnihoje.com/2017/09/26/alienigenas-que-protegem-a-terra/

domingo, 24 de setembro de 2017

0

Sonda Cassini fotografa algo misterioso antes de colidir com Saturno


Cassini fotografa algo misterioso


Logo antes da nave espacial Cassini da NASA ser queimada na atmosfera de Saturno, conseguiu fotografar “algo inexplicável” nos anéis de Saturno.
Os astrônomos disseram:
O que é isso? De onde veio? Onde está indo? Já o estamos rastreando desde que o encontramos. Nunca resolvemos o objeto. Tudo o que podemos fazer é rastrear a falha.
Uma das últimas imagens obtidas pela espaçonave Cassini mostra algo misterioso nos anéis de Saturno.


Seriam alienígenas? Na verdade não eles dizem que não, mas é empolgante. Muito empolgante.
Cassini nos ensinou tantas coisas interessantes não só sobre Saturno e suas luas, mas sobre o sistema solar em geral.
E enquanto aprendemos tantos novos detalhes sobre o nosso sistema solar, Cassini abriu as portas para mais perguntas por nossos astrônomos na Terra, que descobriram novos detalhes sobre planetas e luas em nosso sistema solar.






Um recurso brilhante de 1.200 quilômetros de comprimento ao longo do Anel-A de Saturno, como visto em 15 de abril de 2013. (NASA / JPL-Caltech / Space Science Institute)
Entre os mistérios ainda por resolver, está a possível formação de um estranho “objeto não identificado” apelidado de ‘Peggy’.

Alguns propuseram que poderia ser uma lua que supostamente está se formando dentro dos anéis de Saturno.
Os astrônomos conseguiram deduzir que isto está lá graças a perturbações nos anéis de Saturno, que foram descobertas pela primeira vez pelo astrônomo da Universidade Queen Mary de Londres, Carl Murray.
Pequenos distúrbios nos anéis – ondas – foram notados pelos astrônomos que os associaram a pequenas luas. Essas luas são essencialmente satélites extremamente pequenos que vivem dentro dos anéis e ajudam a mantê-los estáveis ​​ao redor do planeta.

Murray percebeu novas e estranhas vacilações nos anéis em 2013, mas ele não conseguiu detectar a suposta lua.
Desde então, os astrônomos estudaram os dados e as imagens enviadas pela Cassini para obterem a maior quantidade possível de informações sobre os satélites anômalos. Os especialistas nunca conseguiram chegar ao fundo da questão e verificá-los. No entanto, eles estimam que, com base no tamanho dos distúrbios, esses objetos podem ser extremamente grandes.
No início deste ano, enquanto falava em uma entrevista com a BBC News, Murray disse que já estão rastreando Peggy:
Quando Cassini saiu de sua órbita no plano do anel no início de 2016, voltamos a olhar para onde Peggy deveria estar e a encontramos, e seguimos isso desde então “.
bm no site:Para descobrir mais sobre o objeto misterioso, Murray está examinando os dados enviados da Cassini na sua última passagem, logo antes de mergulhar em Saturno, mas, curiosamente, ele não encontra Peggy em qualquer lugar.
Murray disse ao site Gizmodo:
Não consegui achar a Peggy nos dados, ainda assim eu estou procurando. Peggy provavelmente está lá, eu simplesmente não encontrei exatamente onde ainda.
Murray e sua equipe estão fascinados com o estranho distúrbio…

Dr. Norman Bergrun, um ilustre engenheiro mecânico do Centro de Pesquisa Ames da NASA, disse

 O que descobri é que estas coisas habitam Saturno; é lá que eu os descobri primeiramente, e eles estão se proliferando. Você pode encontrá-los ao redor de Urano e Júpiter. Seja onde você vê alguns anéis, é onde você verá estas naves, ete eu as chamo de fazedores de anéis…


(Fonte)

Publicado tbm no site:

http://ovnihoje.com/2017/09/22/cassini-fotografa-algo-misterioso/

terça-feira, 19 de setembro de 2017

0

Agência Nacional de Segurança (EUA) recebeu 29 mensagens alienígenas, e outras provas da visitação alienígena à Terra


provas da visitação alienígena à Terra



A imagem acima (à direita) representa uma transmissão (conhecida como a mensagem “Arecibo”), montada por Carl Sagan e colegas que foi enviada para o espaço via ondas de rádio em uma cerimônia especial para celebrar a remodelação do radiotelescópio Arecibo, em Porto Rico. Aparentemente, a mensagem recebeu uma resposta (à esquerda da primeira mensagem), você pode ler mais sobre essa história aqui. É especulativo, com certeza, mas a informação abaixo, não é. Este artigo refere-se a um documento real.
Os sinais estranhos detectados do espaço exterior estão se tornando bastante populares, especialmente nos últimos dois anos. Aqui está um dos vários estudos postulando de que alguns desses sinais podem ser de uma fonte extraterrestre inteligente.


Os cientistas descobriram mais seis rajadas de sinais de rádio provenientes de um lugar no espaço profundo fora da nossa galáxia, de onde sinais semelhantes foram detectados no início deste ano e em 2012. Desta local específico, um total de 17 sinais de rádio foram recebidos, e devido à sua natureza, também há fortes especulações se estamos sendo “contatados” por algum tipo de forma de vida extraterrestre. Você pode ler mais sobre isso aqui.

Este artigo aborda um documento a Agência Nacional de Segurança dos EUA, sigla NSA em inglês, que foi liberado através de um processo judicial. Os rumores da Internet dizem que a agência foi obrigada a liberar o documento em 2004, mas não liberou oficialmente até 2011, fazendo-o de forma silenciosa. Não há muitos detalhes disponíveis sobre o documento, exceto pelo fato de que ele é real e publicado na base de dados NSA através do seu periódico técnico.

É intitulado Key To The Extraterrestrial Messages (Chave para as Mensagens Extraterrestres”, e um cavalheiro com o nome de “H. Campaigne” tenta decodificar as mensagens.
Ele afirma:
Dr. A Campaigne apresentou uma série de 29 mensagens do espaço exterior … O seguinte artigo desenvolve uma chave para essas mensagens.
Um parágrafo do Apêndice diz o seguinte:
Recentemente, uma série de mensagens de rádio foi ouvida vindo do espaço exterior. A transmissão não foi contínua, mas cortada por pausas em pedaços que poderiam ser tomados como unidades, pois foram repetidos constantemente.
No final do documento, o autor afirma que “penetramos o significado de símbolos básicos e, ainda mais importantes, aprendemos algumas das regras de sintaxe da notação e captamos  erros no processo. Temos algumas palavras para conceitos sofisticados e, com mais dados e com um pouco de trabalho, poderemos estabelecer sua tradução.
Não havia nenhum documento a ser encontrado que realmente descreve o que exatamente eles descobriram, e o que era essa tradução.
Muito interessante para dizer o mínimo.

Tenha em mente que este é um dos milhares de documentos que foram lançados através de solicitações da Lei de Liberdade da Informação – sigla FOIA em inglês, e dezenas de agências de inteligência e governos globais já lançaram centenas de milhares de páginas de documentos que discutem possíveis seres extraterrestres.

Por exemplo, aqui (páginas 21 e 22) está um documento do FBI sob a forma de um memorando, dirigido a “cientistas de distinção”, “autoridades aeronáuticas e militares” e a “vários funcionários públicos”.
O documento é uma carta que foi enviada ao diretor do FBI em Washington do escritório de San Fransisco, sobre uma questão relativa aos OVNIs e extraterrestres.
Tenente Coronel (nome ocultado) de G2 [G2 significa inteligência do exército], São Francisco, informou hoje que ele não tem mais informações e que o nosso escritório de Seattle possui todas as informações conhecidas por ele e está lidando com o assunto em Tacoma, Washington.
O documento continua a fornecer uma cópia de uma carta escrita por alguém com “vários diplomas universitários” e antigo “chefe de departamento da universidade”.
Ele contempla uma presença extraterrestre visitando-nos.
Há também uma distinção importante a ser feita a partir do fenômeno OVNI e os fenômenos extraterrestres, embora haja provas suficientes para mostrar que, pelo menos em alguns casos, estão inter-relacionados. Dito isto, muitos desses “OVNIs” poderiam fazer, e provavelmente fazem, parte um orçamento negro altamente sofisticado (Programas de Acesso Especial, naves humanas).

A existência de OVNIs foi oficialmente verificada, e milhares de registros militares mostram que eles são comumente rastreados em radar e realizam manobras, e viajam a velocidades que nenhuma aeronave conhecida pode viajar. Isso parece ter começado há muito tempo, na Alemanha, e a CIA estava mantendo registros.
Aqui está um excelente exemplo diretamente daquele arquivo:
Um jornal alemão publicou recentemente uma entrevista com George Klein, engenheiro alemão e especialista em aeronaves, descrevendo a construção experimental de “discos voadores” realizados por ele entre 1941 e 1945.
Há centenas de casos, e é algo que ainda acontece hoje. Um incidente bastante popular vem de Teerã, no Irã. Este incidente ocorreu na noite de 18 de setembro de 1976. Um relatório de quatro páginas da Agência de Defesa dos EUA e da NSA descreve o encontro em detalhes. Além disso, ambos os pilotos envolvidos discutiram o evento anos mais tarde.

O que aconteceu naquela noite é um exemplo do que aconteceu várias vezes em relação aos encontros militares com OVNIs. Os moradores da cidade notaram um grande objeto brilhante no céu. O controlador de tráfego do aeroporto também notou: “era um objeto intensamente brilhante que não deveria estar lá”. A Força Aérea Iraniana foi contatada (no momento em que eles eram aliados íntimos dos Estados Unidos, sob o domínio do Shah) , e despacharam dois aviões de combate F-4 para verificar o objeto. Os Estados Unidos tomaram este encontro como algo muito a sério; um relatório sobre o que aconteceu foi enviado a vários funcionários de segurança nacional e ao presidente dos EUA, Gerald R. Ford, diretor da CIA.
Ambos os pilotos, quando se aproximam do objeto, detectaram falhas de sistemas de armas e eletrônicas em suas aeronaves.
À medida que o F-4 se aproximou à uma faixa de 25 milhas náuticas, perdeu todas as instrumentações e comunicações. Quando o F-4 se afastou do objeto e, aparentemente, não era mais uma ameaça, a aeronave recuperou todas as instrumentações e comunicações. Outro objeto brilhantemente iluminado saiu do objeto original. O segundo objeto foi em direção ao F4. (Para detalhes sobre este encontro com OVNI no Irã, clique aqui.)
O Dr. Jacques Vallee, notável pelo co-desenvolvimento do primeiro mapeamento computadorizado de Marte para a NASA, e por seu trabalho na SRI International no centro de informações de rede para ARPANET, um precursor da Internet moderna, também publicou um artigo no Journal of Scientific Exploration intitulado Estimates of Optical Power Output in Six Cases Of Unexplained Ariel Objects With Defined Luminosity Characteristics” (Estimativas da Saída de Energia Óptica em Seis Casos de Objetos Ariel Inexplicados com Características Definidas de Luminosidade).
No documento há uma ótima foto de um desses “OVNIs”, obtida por pilotos militares canadenses (veja abaixo).







É importante salientar que, embora a existência de OVNIs seja confirmada, o fato de que estes poderiam ser operados por extraterrestres não é. Dito isto, assim como havia muitas evidências para o fenômeno OVNI antes de toda essa liberação de documentos, ainda há “provas abundantes de que estamos sendo contatados.” – Dr. Brian O’Leary , Ex Nasa Astronauta e Professor de Física de Princeton.
O que aponta para esse fato é que aqueles diretamente envolvidos com esses avistamentos, e aqueles que ocuparam alguns cargos proeminentes, declararam claramente, por centenas de vezes, que alguns desses OVNIs são efetivamente operados por extraterrestres.
Esta coisa ficou tão altamente secreta… é impossível obter qualquer informação  sobre isso. Não tenho ideia de quem controla o fluxo de necessidade de saber, porque, francamente, foi-me dito de uma maneira tão enfática que não era da minha conta que eu nunca tentasse fazer com que fosse desde então. Eu tenho estado interessado neste assunto por um longo tempo e sei que o que quer que a Força Aérea tenha sobre o assunto, continuará sendo altamente secreto. – Ex Senador Barry Goldwater, Presidente do Comitê de Inteligência do Senado
Quem está no controle em relação a esse tópico está bem acima do governo e, provavelmente, é gerenciado por algum tipo de “governo secreto”, no topo do “Estado Profundo”.
Dada a divulgação desta informação nos últimos anos, aqueles que são mencionados nesses arquivos se manifestaram. Um (de muitos) exemplos é o agora aposentado piloto comandante da Marinha dos EUA, Graham Bethune, que tinha uma autorização secreta. Ele era um comandante VIP que voou a maioria dos oficiais de alto escalão e civis de Washington, DC. Em seu testemunho abaixo, ele explica como ele estava voando um grupo de VIPs e outros pilotos para Argentia, Newfoundland, quando cada pessoa no avião testemunhou um objeto de 90 metros que percorreu 3 quilômetros em uma fração de segundo, em direção ao seu avião. Como pode ser visto no vídeo abaixo, ele documentou o evento extensamente.

Para acessar os arquivos oficiais relativos a este caso particular, você pode visitar os arquivos ‘Project Bluebook‘ do governo para lê-los. Você pode encontrar esses links e os arquivos para este caso no  National Investigations Committee On Aerial Phenomenon (Comitê Nacional de Investigações sobre Fenômeno Aéreo).
  Em uma entrevista, ele afirma ter descoberto que alguns desses objetos eram realmente extraterrestres, dos “meninos do andar de cima”.


Como você pode ver, não há escassez de informações dentro deste domínio, sob a forma de fontes credíveis e documentos e declarações de pessoas credíveis. E esta não é sequer a ponta do iceberg.
(Fonte)

Publicação tbm pelo site:
 http://ovnihoje.com/2017/09/19/provas-da-visitacao-alienigena-a-terra/


quinta-feira, 14 de setembro de 2017

0

Planeta X irá ativar o vulcão Yellowstone e dividir os EUA em dois, diz “mensageiro do apocalipse”


Planeta X irá ativar o vulcão Yellowstone


Foi dito que os Estados Unidos poderão ser divididos se um planeta mítico passar próximo da Terra no próximo mês, desencadeando a erupção maciça do vulcão Yellowstone.
O Planeta X irá passar e ativar o Yellowstone … mas, felizmente, os cientistas não concordam.
A especulação está aumentando de que o lendário Planeta X ou Nibiru irá passar próximo da Terra no próximo mês, causando uma onda de atividade sísmica que ameaçará toda a vida.
Não há evidências científicas para respaldar as alegações extravagantes, e a NASA a considera uma fraude, mas as histórias sobre as afirmações falsas continuam a ser virais online.

Na vanguarda das alegações atuais está o numerologista cristão David Meade, o qual diz que códigos na Bíblia mostraram que Nibiru aparecerá no céu a partir de 23 de setembro e passará por nós em outubro, causando terremotos, tsunamis e erupções vulcânicas.

O Sr. Meade, que também alega que sinais nas Pirâmides de Gizé no Egito dão a mesma data de setembro, disse que Nibiru, ou Planeta X, passará a cerca de 6,4 milhões de quilômetros da Terra, mas mesmo à essa distância a força magnética do planeta na Terra provocaria tsunamis, mudanças polares e devastação global.
Falando para o Late Night in the Midlands, um programa de rádio dos EUA sobre teorias da conspiração, ele disse que as pessoas deveriam procurar deixar os EUA, pois o país poderá ser dividido em dois.
No entanto, ele afirmou que a destruição completa dos Estados poderia levar até sete anos após o planeta passar.
Quando perguntado como seria a vida depois de sete anos, ele disse:
Nesse ponto, os EUA poderiam ser divididos pela metade por tsunamis e erupções vulcânicas do vulcão Yellowstone.
Ele sugeriu que as pessoas considerassem deixar os Estados Unidos, já que o país seria alvo de potências nucleares inimigas, como a Coréia do Norte, uma vez enfraquecido pela passagem do Planeta X.
Ele disse:
Os EUA serão alvo de todos esses países uma vez que o planeta X começar.
Poderia destruir a rede elétrica, e quando ele retornar para 1851 sem eletricidade, nossos inimigos se aproveitarão.
Não há, no entanto, nenhuma evidência científica para apoiar a existência de um planeta perdido que está prestes a afetar a vida na Terra…
(Fonte)

Publicação tbm no site:
http://ovnihoje.com/2017/09/12/planeta-x-ira-ativar-o-vulcao-yellowstone/

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

0

Astrônomos começam a procurar pelo Planeta X, após alegações de que ele irá atingir a Terra


começam a procurar pelo Planeta X


A Internet ficou de cabeça para baixo com teorias de conspiração sobre um planeta mítico, também chamado de Nibiru ou Planeta X, o qual esses teóricos acreditam que irá passar pela Terra no próximo mês, causando terremotos catastróficos.
As advertências não são levadas a sério pelos astrônomos, mas estes revelaram que terão seus telescópios apontados para o céu noturno, a fim de encontrarem o verdadeiro Planeta X.
Astrônomos do observatório da internet Slooh.com pediram que todos se juntassem à busca pelo Planeta X.
  

Existe a teoria da conspiração de que o planeta mítico, que alegadamente orbita o sol a cada 3.600 anos, passará logo pela Terra causando morte e destruição.
E em janeiro a NASA anunciou a descoberta de uma hipotética nos confins do nosso sistema solar, o qual acredita-se ter 10 vezes a massa da Terra, com um período orbital em torno do Sol de 18 mil anos.
No entanto, a organização negou que o Planeta X represente qualquer risco para a Terra e rotulou a teoria da conspiração de Nibiru como sendo uma fraude na Internet.

Os cientistas da NASA o chamaram de Planeta 9, mas, ao invés de usarem isso para acabar com a teoria da conspiração, eles pareceram alimentá-la ainda mais, apelidando ele de Planet X também.
Há dois dias o Slooh.com mostrou um vídeo revelando como os astrônomos acreditam ter um telescópio forte o suficiente para detectar o Planeta X real (Planeta 9), se ele realmente existe.
O Dr. Paige Godfrey, diretor de pesquisa da Slooh, disse:
Uma órbita de 18.000 anos ao redor do sol – isso é apenas uma loucura.
Então, isso significa que está se movendo tão longe de onde estamos e muito lentamente ao redor do Sol.
 
Noite após noite, você não veria uma enorme diferença na forma como você poderia detectar o movimento de Plutão.
Agora eles pensam que serão capazes de encontrá-lo, por causa dos modelos de computador feitos a partir dos cálculos matemáticos.
Eles acham que conhecem o tamanho e acham que conhecem sua localização atual, e precisam ser capazes de restringir a órbita necessária para mapear uma estimativa, e tudo o que eles precisavam é uma estimativa de quão brilhante o planeta é.
E eles precisavam de um telescópio capaz de vê-lo e agora eles têm isso com o telescópio Subaru, do Observatório Mauna Kea no Havaí.
A pesquisa não será fácil, no entanto, como é estimado, o planeta só será tão brilhante quanto uma estrela anã marrom e estará no mesmo campo de visão de milhares de estrelas muito mais brilhantes em nossa galáxia, a Via Láctea.
O anfitrião do Slooh, Paul Cox, disse:
Ele está mais para o coração da Via Láctea, com muitas estrelas no campo de visão enquanto tentamos encontrar esse objeto fraco.
O Dr. Godfrey respondeu:
Tem um brilho de magnitude 22. É muito fraco, como uma anã marrom.
Então, não será fácil ver, mas é definitivamente possível com o Subaru e com o telescópio de oito metros.
As notícias de uma grande caçada científica ao Planeta X enviará ondas de choque através de teóricos da conspiração que já tomaram a notícia do Planeta 9 no início deste ano como sendo prova de Nibiru .
Apesar de a NASA insistir que não há ameaça para a Terra e que Nibiru é uma farsa, o YouTube está inundado com vídeos alegando que esse planeta será visível em nossos céus a partir de 23 de setembro.

O numerologista cristão David Meade está pregando a teoria, alegando que os códigos na Bíblia lhe deram a data, e que o Planeta X passará por nós causando terremotos e devastação em outubro.
O mito do Cataclismo de Nibiru remonta a 1976, quando o escritor Zecharia Sitchin afirmou que duas antigas culturas do Oriente Médio – os babilônios e os sumérios – contaram a respeito do gigante Nibiru que orbitava o Sol a cada 3.600 anos.

A auto-proclamada vidente extraterrestre Nancy Lieder advertiu então que Nibiru entraria na Terra ou passaria causando enormes terremotos e marés devido sua atração gravitacional.
Várias datas alegadas para uma colisão com a Terra vieram e foram, e é assim que se espera que ocorrerá em outubro.

(Fonte)

Publicação tbm no site:

http://ovnihoje.com/2017/09/04/astronomos-comecam-a-procurar-pelo-planeta-x/
Proxima  → Página inicial

Documento Oficial relatos 25 anos antes do caso ET de Varginha

Sunrise Time-lapse from the International Space Station (ISS)



Linda imagem da Estação Espacial !!!

Visão abordo Estação Espacial Internacional - NASA